25 de Setembro de 2019, atualizado ás 11:09

It: A coisa 2 e “Guarde as lembranças boas”



Por: | Entretenimento

Compartilhar:
         

It: A Coisa estreou em 5 de setembro de 2019 e foi um dos filmes de terror/horror mais esperados do ano e que rendeu bons gritos e suspiros durante seus 170 minutos.

Mas, apesar de todo e efeito e do nosso palhaço adorado e terrível Pennywise, o filme traz uma mensagem forte e marcante.

SIGA => A Folha Hoje no Google News

It: A coisa 2 e “Guarde as lembranças boas” (pinterest)

It: A Coisa 2 dá continuidade a história dos amigos Mike, Bill, Bev, Ben, Rick e Eddie, que agora estão adultos e precisam retornar ao ponto onde calaram A Coisa pela primeira vez.

Segundo a história de Derry, a cidade onde ocorre os fatos, a cada 27 anos A Coisa volta para se alimentar, então adormece e o ciclo se repete.

O filme foi dirigido por Andy Muschietti e é baseado na obra It: A coisa, de Stephan King. Sendo uma produção da Warner Bros.

A franquia arrecadou mais de R$ 1 bilhão de dólares mundiais, com o primeiro e o segundo filme.

E o segundo filme de It também foi líder e recorde de bilheteria ao ser lançado.

O filme em si segue quase a risca o livro e é gratificante para os fãs da literatura Stephan King prestigiarem o desenrolar do que leram.

ALERTA DE SPOLIER

Filme x Livro It

O livro de It contém cerca de 1100 páginas, lançado em 1986 originalmente e recentemente ganhou uma capa nova deslumbrante.

A história se passa no ano de 1958, em uma cidade chamada Derry, que possui alguns acontecimentos, no mínimo, estranhos.

São seis protagonistas, os seis amigos, que vivem as artimanhas de It e enfrentam A Coisa derradeiramente.

Comparando como filme, It 1 foi o que mais fugiu dos acontecimentos escritos, principalmente o modo como Pennywise apareceu para as seis crianças.

LEIA TAMBÉM:

Lançamento Netflix: Desencanto em sua temporada 2.

Marie Curie ganhará filme em 2020: Radioactive

Todavia, vemos elementos de referência durante o longa, que nos faz relembrar as cenas lidas.

Entendi que boa parte foi modificada para dar fluidez e que, na verdade, no livro, a história acontece sobre o ponto de vista dos seis adultos, relembrando o passado aos poucos.

Dá pra sentir o corte da cena quando o passado é ressaltado, dando pausas para o presente, enquanto eles estão jantando no restaurante de comida chinesa.

Esses flashbacks contínuos foram abordados no segundo filme e deu um up emocionante para a cena. Achei que ficou muito bem colocado e fluido.

Com relação a personalidade dos personagens quando adultos, no filme ficou um pouco diferente. A Bev é mais firme, o Mike é paranoico e o Eddie ficou mais engraçado.

Gostei das alterações porque elas não mexeram com a essência deles, pelo contrário, deu uma reforçada, pois acho que talvez fossem pontos a serem, de alguma forma, consertados na obra.

It: A coisa 2 e “Guarde as lembranças boas” (pinterest)

Quanto as milhares e cenas que não existiram e a destruição de Derry, que acontece no livro, achei que ficou muito bom.

Pois no filme eles não se esquecem do que aconteceu após matarem A Coisa, eles continuam se lembrando.

Coisa que no livro não acontece, pois, depois de destruírem A Coisa, os personagens vão esquecendo, de Derry, uns dos outros e do que aconteceu.

Críticas sociais destacadas no filme It

A primeira cena já é um baque na sociedade, pois fala sobre o preconceito LGBTQ+ e a agressão que as pessoas sofrem pela opção sexual e de gênero.

A segunda crítica forte é a violência doméstica, tanto de conjugue quanto de pais e filhos. Outro assunto antigo, importante e que nos dias de hoje ainda há tanta necessidade de ser abordado.

O final com esperança

As mudanças realizadas no final de It para o filme trouxeram uma mensagem positiva e importante, que é sempre recordar dos momentos bons e se apoiar em seus amigos.

Na minha opinião, a alteração foi muito positiva, pois incentivou o esquecimento de momentos ruins e que eles servem para nos dar força, determinação e ensinar.

Apenas os momentos bons é que devem ser lembrados e as amizades não devem ser esquecidas.

Super indico o filme e corre que já está saindo das telinhas!




G M Rhaekyrion

Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

  

0 Comentários