-Publicidade-

Jornalista pede demissão da TV Globo após 50 anos na emissora

-Publicidade-

A jornalista Sandra Passarinho pediu demissão da TV Globo nesta sexta-feira (20) depois de 50 anos atuando como repórter na emissora carioca.

A notícia foi confirmada pela assessoria de imprensa da TV Globo, que divulgou uma nota aberta do diretor-geral de jornalismo da emissora, Ali Kamel.

A jornalista é mais uma que deixa a TV Globo em 2019. Somente neste ano mais de 10 profissionais deixaram a emissora carioca, seja em busca de novas oportunidades ou por não aceitar a redução salarial.

Sandra Passarinho começou na Globo como estagiária no ano de 1969 com apenas 19 anos, e três anos depois virou editora do Jornal Internacional, com foco notícias sobre o Exterior.

-Publicidade-

Jornalista pede demissão da TV Globo após 50 anos na emissora
Jornalista pede demissão da TV Globo após 50 anos na emissora – Foto: Memória Globo

Durante o Regime Militar, Sandra Passarinho cobriu diversas notícias históricas, como Revolução dos Cravos em Portugal, a morte do ditador espanhol Francisco Franco e a visita do presidente militar brasileiro Ernesto Geisel a Londres.

Considerada a primeira correspondente internacional da Globo na Europa, Sandra Passarinho retornou ao Brasil em 1985, quando passou a integrar a equipe do Globo Repórter.

-Publicidade-

Aqui do Brasil, Sandra se destacou pelas matérias que falavam da epidemia da aids, do complexo psiquiátrico Juqueri que abrigava muitas pessoas sem problemas psicológicos de fato e outros assuntos polêmicos.

Em carta aberta, Ali Kamel disse que a saída de Sandra Passarinho da TV Globo foi uma decisão dela, e que “agradecia ela pela imensurável contribuição que deu ao jornalismo da Globo e ao jornalismo brasileiro, além de ter inspirado tantos e tantos profissionais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política