Lava Jato revela que Lula cometeu o mesmo crime 44 vezes

Lava Jato revela que crimes envolvem além do ex-presidente Lula, seu sobrinho Taiguara e Marcelo Odebrecht. Eles foram novamente denunciados pela Lava Jato.

É a terceira denúncia contra os mesmos, feita pelo Ministério Público.
Constatou-se, ainda, que os repasses de dinheiro fraudado foram feitos através de palestras fictícias, ministradas pelo ex-presidente e, supostamente, a convite da empreiteira Odebrecht.

Os crimes de Lula

O Ministério Público declara que Lula cometeu 44 vezes o crime de lavagem de dinheiro, que foi facilitado através da empresa Exergia Brasil, de propriedade de Taiguara. A empresa foi criada pelo mesmo em 2009, exclusivamente para fazer esses repasses de dinheiro ao ex-presidente e seus aliados. Constatou-se, ainda, que os repasses de dinheiro fraudado foram feitos através de palestras fictícias, ministradas pelo ex-presidente e, supostamente, a convite da empreiteira Odebrecht. Os contratos foram feitos usando a LILs palestras, criada por Lula, em 2011.

Denunciados na Lava Jato

Além do ex-presidente Lula, Taiguara e Marcelo Odebrecht, foram denunciadas mais oito pessoas envolvidas nos crimes. Segundo os investigadores, a ação penal não terminará aqui. A apuração continuará, pois, além dos empréstimos liberados pelo BNDES às obras de Angola, existem outros empréstimos ligados à empresa de Taiguara, sobrinho de Lula. E, além de Angola, outros países da África e da América Latina foram beneficiados, assim como outras empreiteiras envolvidas na #Lava Jato também participaram. A Divisão de Combate à Corrupção (DCC) tem mais cinco investigações para serem cumpridas, envolvendo o ex-presidente Lula

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here