Leitos de UTI, para combate ao Coronavírus, entregues
O Governo Federal realizou a entrega de 17,5% dos leitos de UTI alugados, que haviam sido prometidos para combate ao Coronavírus.
Por: Joey Phillipe / 26 de Abril de 2020 às 13:48:10

Looks like you have blocked notifications!

Segundo informações fornecidas pelo G1, até o dia 24 de abril, o Ministério da Saúde, realizou a entrega de 350 dos 2 mil leitos de UTI, conforme promessa para o combate a pandemia do Coronavírus. O número de leitos entregues corresponde a 17.5% do total.

Já, no tocante ao compromisso de entrega, foi feito no mês de março, anterior a demissão de Henrique Mandetta, Ex-Ministro da Saúde. A demora para entrega do material justifica-se, segundo o Ministério da Saúde, devido à escassez de respiradores no mercado em virtude da pandemia por Coronavírus.

De acordo com os dados do governo, até o dia 24 de abril, 15 estados não conseguiram receber nenhum leito , como: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas. Além de Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Em 12 de março, o então secretário-executivo, João Gabbardo, anunciou que os leitos específicos para o combate ao coronavírus seriam entregues. Conforme a necessidade de cada estado.

Mais sobre os leitos para combate ao Coronavírus
Leitos de UTI, para combate ao Coronavírus, entregues – Foto: G1


Sobre o assunto, Gabbardo declarou à Época: “Leito de UTI locado significa [que] não existe esse leito funcionando no hospital, o hospital precisa ampliar o atendimento, tratamento intensivo, ele transforma uma determinada área e diz assim: ‘aqui nós vamos colocar mais 10 leitos de UTI’…”

E completou: “…Então, se o gestor [municipal] solicitar para o Ministério dizendo ‘olha, aqui em São Paulo estou precisando colocar mais 10 leitos em tal lugar. A demanda está ultrapassando a nossa capacidade de atendimento’…”

Finalizou: “…o Ministério aciona essa licitação e, em uma semana, no máximo em dez dias, quando é muito distante – em São Paulo é muito mais rápido – esse leito já estará funcionando, com todos os insumos necessários. O hospital só entrará com a equipe médica, de enfermagem, para que o leito possa funcionar rapidamente…”

Contudo, a entrega dos leitos não acompanhou o crescimento de infectados por coronavírus no Brasil. A taxa de ocupação dos leitos de UTI, até terça-feira, por exemplo, no Ceará já era de 100%. Bem como, até quinta-feira, dia 23 de abril, o Amazonas já contava com 96% dos leitos ocupados. Além disso, nenhum dos dois estados chegaram a receber leitos, conforme dados do governo.

Por fim, estados como, paraná, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, foram contemplados com novos leitos entregues pelo Governo Federal, para tratamento de pessoas com coronavírus.    


Postado por: Joey Phillipe
Sou redator, curto a área de informática, gosto de games e esportes.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo