08 de Novembro de 2019, atualizado ás 21:11

Lula deixa prisão após cumprir 1 ano e 7 meses de pena



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Deixa hoje, sexta-feira (08), a prisão o ex presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que estava preso desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE NEWS
Lula deixa prisão após cumprir 1 ano e 7 meses de pena. (Imagem: Uol)

Após deixa a prisão em Curitiba, Lula discursou para centenas de pessoas. Entre agradecimentos à companheiros de partido e aliados, Lula agradeceu aos militantes que fizeram a vigília “Lula Livre” nos entornos do prédio, ao menos 500 militantes estiveram no movimento.

Em tom descontraído apresentou sua namorada, a quem chamou de companheira e disse ter a sorte de mesmo preso tê-la conhecido e se apaixonado e ela ter aceitado casar-se com ele.

Lula fez duras críticas ao atual governo, frisando que há uma quadrilha no planalto que ele fará de tudo para derrubar. Comparou o atual ministro da educação , a quem chamou de grosseiro, ao ex ministro Fernando Haddad, afirmando que atual está acabando com a educação no país.

VEJA TAMBÉM:

+ Animais eram mantidos em situação de maus-tratos em Maceió
+Concurso SEFAZ AL edital sairá amanhã, confirmado por Governador

Lula ainda afirmou que ao comparar o Brasil de antes de ser preso e ao Brasil de hoje, nas pesquisas e noticiários, deparou-se com um declínio do país, vendo aumentar o número de desemprego e de pessoas em trabalhos informais.

Segundo Lula amanhã ele irá para São Paulo onde terá uma reunião com o Sindicato dos Metalúrgicos. Afirmando ter vontade de provar que o país pode ser maior no dia que não tiver um presidente que mente tanto pelo Twitter como o atual presidente Bolsonaro.

Encerrou seu discurso aos gritos de “Lula Livre”, vindos da multidão, e mais uma vez agradecendo o apoio do povo.

Lula foi condenado em duas instancias a cumprir pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias, no caso do tríplex no Guarujá, pela Operação Lava Jato. Segundo investigações o tríplex era o pagamento de uma propina da construtora OAS para favorecer a empresa em contratos com a Petrobras. Lula afirma ser inocente das acusações.

Hoje o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância método que vem sendo adotado desde 2016. Os ministros entenderam que segundo a Constituição ninguém pode ser considerado culpado até o a fase em que não possa mais entrar com recursos, pois a execução da pena provisória fere o princípio da suposição da inocência.

Lula deixou a Superintendência da PF por volta das 17 horas e 40 minutos da tarde de hoje após 1 ano e 7 meses de prisão.




G M Rhaekyrion

Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

  

0 Comentários