A justiça australiana sentenciou uma mãe a dez anos de prisão, em decorrência de ter vestido sua filha de nove anos com roupa da playboy e permitido que ‘amigos’ estuprassem a criança.

Inicialmente, a menina foi molestada ‘todos os dias’ pelo período de um ano, compreendido entre os anos 2014 e 2015, dentro da sua própria casa na cidade de Gold Coast. Inclusive a mãe a continha para que fosse permitido o abuso sexual.


RELACIONADAS



Usando orelhas de coelho e um vestido de renda preta, associado á fantasia da revista playboy, a garota foi repetidas vezes acordada com homens encima dela. Portanto, nesta terça-feira (18), o juiz David Kent sentenciou a mãe, de 41 anos, a dez anos de prisão.

Declarada infratora grave e violenta, a mãe deverá cumprir 80% da pena para conquistar o direito de liberdade condicional. ‘Sua conduta foi permitir ou ajudar outras pessoas a cometer atos sexuais com o reclamante’, afirmou o juiz à sentenciada, segundo o Courier Mail. 

Para defender-se, após ter sido considerada culpada nas acusações, a mulher afirmava aos gritos no tribunal ‘é tão errado’ e ‘isso nem aconteceu’. Mas a criança tinha apenas nove anos quando começaram os abusos e um homem diferente a molestava por vez.

Detalhes sobre o caso que envolve a prisão da mãe

Mãe é presa por permitir que sua filha de 9 anos fosse estuprada 'todos os dias'
Mãe é presa por permitir que sua filha de 9 anos fosse estuprada ‘todos os dias’ – Foto: Daily Mail

A situação de estupro só foi descoberta quando em uma sessão com sua psicóloga a menina escreveu um bilhete afirmando que era habitual sua mãe ‘entrar com amigos e me tocar indevidamente’. Então a profissional entrou em contato com a polícia.

Posteriormente, a menina disse ao tribunal que sua mãe iria  ‘despi-la e ser travessa’, além de ter lhe dado um bebida que a deixou sonolenta. Assim como, ela também declarou que teve as mãos seguradas por sua mãe enquanto estava sendo estuprada e que a mulher pediu dinheiro aos homens após o abuso.

Durante o julgamento, a menina, que hoje possui 15 anos, estava no hospital em observação de suicídio. Além disso, nenhum homem foi acusado de abusou, bem como não foram encontrados indícios de que ela estivesse recebendo dinheiro pelos ataques.

Na época do fato, o pai da menina estava preso pro crime com drogas. Mas anteriormente ele afirmou ao tribunal que a saúde mental da sua filha estava comprometida e ela estava em observação de suicídio em um hospital de Brisbane.

“Tenho que aturar uma criança que tentou se matar três vezes”, afirmou ele. 

Mãe é presa por permitir que sua filha de 9 anos fosse estuprada 'todos os dias'
Mãe é presa por permitir que sua filha de 9 anos fosse estuprada ‘todos os dias’ – Foto: Daily Mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui