20 de Junho de 2019, atualizado ás 05:06

Morre aos 74 anos o crítico Rubens Ewald Filho, que seguia internado desde maio.



Por: | Entretenimento

Compartilhar:
         

Faleceu na noite desta quarta-feira (19) o crítico de cinema Rubens Ewald Filho. Considerado um dos maiores críticos do Brasil, ele também foi ator, jornalista, apresentador e cineasta.

Trabalhou nas principais emissoras do país, tais como Globo, SBT, Rede TV, Bandeirantes, dentre vários outros grandes veículos de comunicação nacional.

Causa da morte de Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho sentiu-se mal ao andar em uma escada rolante (imagem:R7)

Rubens desmaiou e sofreu uma queda enquanto subia uma escada rolante de um shopping, sendo internado em estado grave desde o dia 23 de maio no hospital Samaritano.  No entanto a queda gerou fraturas nas quais o critico não conseguiu resistir e veio a óbito.

A saber, uma assistente sua afirmou que a causa do desmaio foi uma arritmia cardíaca. O enterro será na praça das Artes (SP), o horário ainda não foi confirmado. logo apos vários amigos e parentes estão postando seus pêsames nas redes sociais, acompanhados das celebridades que o crítico conheceu durante seus 50 anos de carreira.

Leia também:

Atriz Lady Francisco morre aos 84 anos

Gloria Maria quase morre afogada e agradece ajuda de amigo

Rubens Ewald Filho tornou a crítica popular

Rubens Ewald durante o oscar no canal TNT ( imagem: TNT)

Grande parte dos entusiastas por cinema já conhecem a figura de Rubens Ewald  filho durantes as coberturas do Oscar no canal TNT. Portanto era notório seu vasto conhecimento sobre a sétima arte.

Seus livros impressos anuais foram usados como a melhor referência sobre cinema. Rubens assistiu a mais de 37 500 filmes entre longas e curta-metragens. Em outras palavras, filmes eram sua paixão!

Seu trabalhado não se limitava só em críticas, além disso ele também atuava, dirigia e escrevia roteiros. Seu enorme legado ficou registrado em diversos livros, por exemplo, os aclamados “Os 100 melhores filmes do século 20”, “Os 100 maiores cineastas” e “Dicionário de cineastas”.

Por fim, esperamos que Deus conforte a família dessa grande pessoa, pois ele fará muita falta para a cultura deste país.




Anderson Gomes

Professor de Física e estudante de Engenharia Civil, gosto de uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.

  

0 Comentários