Neste domingo, 10 de maio, morreu o escritor brasileiro Sérgio Sant’Anna, aos 78 anos, no Rio de Janeiro. Um dos maiores nomes da literatura do Brasil, o autor era considerado um mestres dos contos. No entanto, estava hospitalizado em rede particular de saúde devido ter apresentado sintomas da COVID-19.

A morte de Sérgio Sant’Anna foi divulgada pela irmã do escritor Sônia Sant’Anna, que também é escritora, através de uma rede social. O escritor deixa dois filhos. Segundo informações do G1.


RELACIONADAS



Entretanto, o autor estava hospitalizado desde o dia 03 de maio, apresentando os sintomas de infecção por coronavírus. Inclusive, no dia anterior a morte de Sérgio Sant’Anna, sua irmã havia publicado na mesma rede social que o irmão apresentava alguma melhora no estado de saúde.

“Agradeço aos amigos que me procuram em busca de notícias do Sergio. Esse apoio tem sido de grande importância para nós. Ele ficará muito contente, ao se recuperar, ao saber como vocês gostam dele. Aqui vai o último boletim. Situação pulmonar estável. Os rins continuam não respondendo bem, e vai ser feita a diálise. Aos poucos ele vai acordando, mas ainda sem recuperar de todo a consciência”, postou Sônia no sábado (9).

Mais sobre Sérgio Sant’Anna

Morre o escritor Sérgio Sant'Anna com suspeita de COVID-19
Morre o escritor Sérgio Sant’Anna com suspeita de COVID-19 – Gaúcha ZH

Ostentando uma carreira de mais de cinquenta anos, Sérgio Santana deixou muitas marcas no campo literário. Como principais obras do escritor estão: “Um crime delicado” (1997), “O concerto para João Gilberto no Rio de Janeiro” (1983) e “O homem-mulher” (2014). A obra mais recente é “Anjo noturno” (2017). Inclusive, todas publicadas pela Companhia das Letras.

Além disso, sendo torcedor declarado do fluminense, o autor também utilizou muito do futebol em suas histórias. Ainda, nasceu no Rio de Janeiro, em 1941. E completou cinquenta anos de carreira no mês de outubro de 2019., bem como teve suas obras traduzidas em alemão, francês, italiano e tcheco.

Por fim, Sérgio Sant’Anna iniciou na literatura com a obra “O sobrevivente”, que o fez participar do International Writing Program da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos. Além disso, ao longo da carreira, o escritor conquistou diversos prêmio da literatura no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui