28 de Fevereiro de 2019, atualizado ás 14:02

Mulher faz comentário machista no Encontro com Fátima Bernardes e internautas não perdoam



Por: Redação A Folha Hoje | Entretenimento

Compartilhar:
         

O programa Encontro com Fátima Bernardes começou nesta quinta-feira (28) com um tema polêmico. Ao falar sobre a penalização do assédio durante o Carnaval, a apresentadora mostrou uma matéria que apresentava casos de mulheres que sofreram assédio.

No entanto, o que chamou a atenção dos internautas foi o comentário machista que uma das participantes fez sobre o tema. Isso causou grande revolução nas redes sociais.

Mulher faz comentário machista no Encontro com Fátima Bernardes e internautas não perdoam (foto: internet)

Receba Mais notícias como essa – Clique Aqui!

Assédio no Carnaval

Fátima Bernardes começou a edição do Encontro abordando um tema bastante polêmico: a penalização do assédio no Carnaval. Durante o programa, a apresentadora mostrou alguns casos de mulheres que sofreram esse tipo de problemas nessa época do ano e perguntou aos seus convidados o que eles achavam.

Além da especialista os demais convidados explicaram o que se caracteriza como assédio e quais são as penalidades em casos assim. Logo em seguida, a apresentadora perguntou a opinião da platéia sobre o caso e ficou impressionada com o comentário da participante.

Mulher faz comentário machista no Encontro com Fátima Bernardes e internautas não perdoam (foto: internet)

Leia Também:

Fátima Bernardes recebe Eva no programa Encontro e comove internautas

 Fátima Bernardes e namorado curtem o final de semana desconectados

Comentário da participante

Ao ser questionada sobre o tema, a participante do programa Encontro disparou “Eu acho exagero, ah um homem não pode nem encostar mais na mulher? E a paquerar? Já é considerado assédio”. A declaração fez com que vários internautas se revoltassem sobre o machismo do comentário.

“mds como assim tem mulher defendendo macho no programa da Fátima dizendo Ah pq homem não pode mais nem olhar encostar na mulher que é crime, mana cala boca Não é Não”.

Após ouvir o comentário da participante, Fátima Bernardes tentou contornar a situação ao dizer que esse tipo de equívoco é muito comum e que é preciso esclarecer o que é o assédio no Carnaval.

A apresentadora ainda revelou que o programa estava começando um novo movimento em resposta ao “Não é Não” das mulheres. Nele, os homens deveriam levar o carimbo com “Eu não forço a barra”.

Alguns internautas chegaram a se unir a esse movimento, tanto que um deles declarou: “SOU CONTRA A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER! -Que todas as Mulheres, não só hoje mas todos os dias, sejam livres de qualquer violência e que não lhe sejam negados direitos á vida. Que sejam associadas a respeito e dignidade.vamos evitar e nós unir EU NÃO FORÇO A BARRA”.


Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários