A Justiça de São Paulo absolveu a modelo Najila Trindade e seu ex-marido, Estivens Alves, da acusação de fraude processual no caso Neymar. Os dois foram processados pelo Ministério Público (MP) após Najila ter acusado o jogador de futebol de estupro e agressão durante encontro em Paris, na França, no dia 15 de maio de 2019.

A decisão, dada na terça-feira (17), foi da juíza Ana Lucia Fernandes Queiroga, da 31ª Vara Criminal do Fórum da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo.


RELACIONADAS



Em setembro do ano passado, a Justiça já havia rejeitado a acusação do Ministério Público por denunciação caluniosa e extorsão contra Najila. Tanto ela quanto Estivens se tornaram réus por fraude processual após dificultarem as investigações.

Loading...

Os dois teriam atrapalhado as apurações sobre os supostos: estupro, agressão e arrombamento do apartamento da modelo, de onde teria sido furtado um tablet com vídeos da violência sexual que Neymar teria cometido contra ela. Estivens chegou a fazer imagens do local após a suposta invasão.

Calúnias e extorsão de Najila

Najila e seu ex-marido são absolvidos pela justiça
Najila e seu ex-marido são absolvidos pela justiça. (Imagem: Divulgação)

Anteriormente, Najila já tinha sido denunciada por calúnia após ter acusado Neymar por estupro e agressão, contudo, o inquérito foi arquivado.

Loading...

A acusação de denúncia caluniosa contra Najila também foi rejeitada pela Justiça, que entendeu que a modelo não tinha cometido extorsão, quando seu ex-advogado José Edgar se encontrou com os representantes de Neymar para conversar sobre o caso do suposto estupro e informar que poderia entrar com um processo. Segundo a Justiça, recorrer ao poder judiciário era um direito da modelo.

O suposto estupro

As investigações do suposto estupro de Neymar contra Najila foram arquivadas pela justiça em julho de 2019, depois que a Polícia Civil decidiu não indiciar o atleta pelo crime sexual. De acordo com a investigação, depoimentos e provas apresentados pela modelo apresentavam “incongruências”.

O vídeo abaixo foi gravado por Najila e vazou na internet, nele vemos a modelo e o jogador no quarto de hotel em Paris, onde ela alega que foi agredida e estuprada:

Loading...

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui