Neymar Protesta no Twitter Contra Racismo de González

Após o último duelo do PSG x Olympique de Marselha, Neymar usa da força bruta para combater um episódio de racismo de Álvaro González.
G M Rhaekyrion - 14 de Setembro de 2020 às 12:25:33
Looks like you have blocked notifications!

O duelo do PSG x Olympique foi marcado por muita disputa de bola e um episódio de racismo. Neymar Jr usa da agressão para combater o posicionamento racista de Álvaro González, redendo uma suspensão e expulsão.

Entretanto, após o ocorrido, as penitências para o atleta podem chegar até sete jogos de suspensão. Porém, ainda revoltado, Ney posta no Twitter seu posicionamento, que não apresenta arrependimentos negativos de sua posição.


RELACIONADAS



Sendo assim, os comentários dos seguidores repercutirão na rede social do jogador e a Folha Hoje acompanhou esses escritos, destacando quais foram as polêmicas envolvendo a opinião desses fãs.

Neymar protesta no Twitter e fãs se posicionam
Neymar Protesta no Twitter Contra Racismo de González – foto: folha.uol.com.br

Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca”, comenta Neymar Jr na legenda de seu Twitter. Foram mais de 40 mil comentários e mais de 851 mil curtidas. Além disso, mais de 149 mil pessoas respostaram a legenda, incluindo Mc Rebecca e Whindersson Nunes.

É assim que se trata um racista”, diz seguidor. “Tapa na cara, bicuda, voadora, tudo que racista tem direito”, comenta outra seguidora. Então, uma fã comentou: “Verdade. Já que foi expulso por dar um cafunezinho. Podia ter dado uma porradinha”.

Dessa forma, outro seguidor continuou apoiando o posicionamento do atleta e comentou: “Menino Ney, espera que o dele vem lá de cima, porque deus vê tudo”. Então, outro disse: “Ah: ‘agressão física não resolve racismos’. Sabemos que não resolve, mas que da um alívio na alma da. Descer a porrada seria pouco, tinha que levar aquele babaca para dá um role de golfe”.

Por fim, para você que perdeu o que aconteceu no jogo, pode continuar conosco e conferir o vídeo do momento em que Neymar enfrenta o jogador do time adversário. Racismo é crime e todos nós devemos combatê-lo.

VEJA TAMBÉM



Postado por: G M Rhaekyrion
Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.