De acordo com o Chanceler da Britânia, Rishi Sunak, o aumento salarial é uma medida de reconhecimento à “contribuição vital”  dos profissionais durante o período de pandemia da COVID-19, no Reino Unido. Ainda, segundo o Tesouro, o dinheiro para efetivação dos aumentos viria de orçamentos departamentais e podem chegar à 3,1%.

Entretanto, trabalhistas afirmam que este aumento não compensa a anos de cortes em termos reais. Assim como, a Associação Médica Britânica declarou que os médicos esperavam por um aumento “muito melhor”. Além disso, as enfermeiras não estão incluídas no anúncio, tendo em vista que negociaram um contrato de três ano em 2018.


RELACIONADAS



De acordo com o Portal BBC News, alguns ajustes salariais não ocorrerão em todo o Reino Unido:

Loading...
  • Professores na Inglaterra e dentistas e médicos em todo o Reino Unido terão os maiores aumentos em 3,1% e 2,8%, respectivamente;
  • A polícia, os agentes penitenciários e os funcionários da Agência Nacional do Crime na Inglaterra e no País de Gales receberão um aumento de 2,5% nos salários, enquanto membros das forças armadas em todo o Reino Unido receberão 2%;
  • Membros do judiciário e funcionários públicos de todo o Reino Unido também receberão um salário de 2%.

O Chanceler Rishi Sunak ainda afirmou:  “Nos últimos meses, sublinhamos o que sempre soubemos, que nossos funcionários do setor público fazem uma contribuição vital ao nosso país e que podemos confiar neles quando precisarmos deles.”

“É certo, portanto, que sigamos as recomendações dos organismos de pagamento independentes com esse conjunto de aumentos salariais em termos reais”.

Loading...

Veja mais posicionamentos sobre os aumentos salariais no Reino Unido

No Reino Unido, quase 900.000 trabalhadores terão aumento de salário
No Reino Unido, quase 900.000 trabalhadores terão aumento de salário – Foto: Exame

Vale lembrar, que mais de 300 trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde morreram sozinhos na Inglaterra, em decorrência da infecção por coronavírus. Inclusive, muitos deles cuidando de pacientes.

A Chanceler Sombra Anneliese Dodds, considerou que o aumento salarial foi “uma boa notícia”, mas destacou que “não compensará uma década de cortes salariais em prazo real” para muitos trabalhadores que estão na linha de frente da pandemia.

“Muitos outros funcionários do setor público – incluindo aqueles que trabalham na linha de frente da assistência social – não receberão um aumento de salário com isso porque os Conservadores não cumpriram suas promessas de aumentar o financiamento das autoridades locais”, afirmou.

No entanto, o Ministro do Crime e do Policiamento, Kit Malthouse, informou que a grande maioria dos profissionais em Assistência Social estava empregada no setor privado. Portanto, a “capacidade do governo de influenciar as taxas salariais é limitada”.

Loading...

Segundo Malthouse, espera-se que, com a elevação do salário mínimo nacional, os valores sejam aplicados também para empregados do setor privado.

No Reino Unido, quase 900.000 trabalhadores terão aumento de salário
No Reino Unido, quase 900.000 trabalhadores terão aumento de salário – Foto: BBC News

Para receber mais conteúdos como este acesse a nossa guia de notícias e clique no botão azul Criar alerta. Assim você ficará informado sobre várias notícias do Brasil e do Mundo.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui