Abrasel pede punição mais severa para quem desobedecer decretos governamentais

Alguns registros estão sendo feitos em estabelecimentos que insistem em promover aglomerações.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
08/06/2021 às 07:01 - atualizado em 08/06/2021 às 07:01

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) de Sergipe vem cumprindo todos os decretos governamentais com as medidas sanitárias do Governo de Sergipe e Prefeitura de Aracaju com o objetivo de combater a Covivid-19. A orientação para os associados é cumprir rigorosamente. Mas alguns registros estão sendo feitos em estabelecimentos que insistem em promover aglomerações.

Comprometida com o cumprimento dos decretos e segurança da população, a Abrasel protocolou nesta segunda-feira (7) um documento pedindo que a Prefeitura de Aracaju e o Governo de Sergipe fiscalizem e apliquem punições mais severas para os estabelecimentos que não cumprirem os decretos de forma correta.

“A medida se faz necessária devido alguns casos que reiteradas vezes ignoram os cuidados com a saúde coletiva, mesmo que se necessários usem vídeos de dias anteriores para tal punição. Nosso intuito é preservar a saúde da população durante a pandemia. Todos nós estamos fragilizados e não podemos correr o risco de fechar novamente, só queremos continuar trabalhando com segurança”, explica o presidente da Abrasel Bruno Dórea.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!