Adelmário Coelho e Targino Gondim estão na programação do Forró Caju em Casa

Assim como no ano passado, a edição terá formato digital, por causa da pandemia do coronavírus, sendo exibida pelo canal da administração municipal no Youtube, de 17 a 30 de junho.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
18/05/2021 às 21:03 - atualizado em 29/05/2021 às 17:12

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

A Prefeitura de Aracaju lançou o Forró Caju em Casa 2021 nesta terça-feira (18). Assim como no ano passado, a edição terá formato digital, por causa da pandemia do coronavírus, sendo exibida pelo canal da administração municipal no Youtube, de 17 a 30 de junho.

Além dos shows, em 2021 o evento contará com o Fórum do Forró. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 430 mil para a realização do Forró Caju em Casa.

O prefeito Edvaldo Nogueira apresentou o edital para inscrição dos artistas e as novidades da programação junina, em coletiva de imprensa, no auditório do Centro Administrativo.

“É uma alegria muito grande poder anunciar a realização do Forró Caju em Casa. Estamos enfrentando um momento difícil, mas não poderíamos deixar essa festa, que representa a alma da nossa gente, sem acontecer. Aracaju é a capital do forró, então, mesmo com a pandemia, encontramos uma forma, através do YouTube, das redes sociais, de transmitir e fazer o Forró Caju para que as pessoas possam assistir, festejar de suas casas. Fizemos a primeira edição no ano passado e agora vamos repetir, com mais atrações, mais dias e a volta do Fórum do Forró. Tenho certeza de que será um sucesso, como foi em 2020. É a valorização da nossa cultura, mas é, também, emprego e renda para um setor tão afetado pela pandemia”, destacou o prefeito.

Leia também:  Devinho Novaes vai comandar Live ‘Nunca foi só uma brincadeirinha’ neste sábado

Ao apresentar a 2ª edição do evento online, Edvaldo ressaltou que a realização do Forró Caju em Casa representa o fomento à cadeia artística, afetada diretamente pela pandemia.

“Desde o ano passado, encontramos neste formato uma forma de ajudar os artistas sergipanos, tão prejudicados neste momento e, ao mesmo tempo, de mantermos as tradições. Os setores cultural e de eventos estão sofrendo muito. Os artistas, especialmente, porque dedicam corpo e alma ao entretenimento da população. Então, estamos promovendo esse estímulo aos nossos artistas. É uma troca por trabalho, um excelente trabalho”, salientou.

Fórum do Forró
A programação do Forró Caju em Casa terá início no dia 17 de junho, com a abertura do Fórum do Forró, cuja finalidade será promover discussões acerca do futuro da festividade, das consequências da crise sanitária no setor cultural, além da inserção de tecnologias dentro do ritmo junino.

O evento terá duração de dois dias e será transmitido pelo canal do Youtube da Prefeitura. Entre as atrações confirmadas para o fórum estão Adelmario Coelho, Targino Gondim, Lucas Campelo e Braulio Tavares.

100 horas
No dia 19, se iniciam as apresentações dos artistas, se estendendo até 30 de junho. Serão aproximadamente 100 horas de exibições online, reunindo 100 atrações. Mais de 400 artistas serão beneficiados diretamente, com um investimento de R$ 428,5 mil, com recursos próprios da Prefeitura.

“São recursos que já estavam previstos no orçamento da Funcaju e vamos investir dessa maneira porque a pandemia nos impede que seja presencial. É um investimento na cultura, no lazer, no entretenimento, mas como disse, acima de tudo, para que os artistas tenham essa fonte de renda, possam trabalhar nesse momento de pandemia”, explicou Edvaldo. Após serem transmitidos no canal do YouTube, os shows serão disponibilizados na plataforma de streaming “AjuPlay”.

Leia também:  Quer ficar atualizado? receba as notícias de A Folha Agora via WhatsApp; veja como

Seleção
Para participar do Forró Caju em Casa, o artista ou grupo interessado deverá se inscrever pelo site www.mapa.cultura.aracaju.se.gov.br. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até o próximo dia 27, às 23h59.

Após essa fase, as inscrições serão avaliadas por uma comissão, formada por três jurados, que verificarão itens como excelência artística e portfólio dos proponentes. O resultado preliminar será divulgado no dia 31 de maio, através das redes sociais da Funcaju e por e-mail, e o final no dia 3 de junho.

“Mais uma vez, faremos a seleção por edital, chamada pública. O edital, inclusive, já foi publicado nas primeiras horas de hoje, mostrando a transparência e democracia do processo. Mas obedece, prioritariamente, ao caráter social do Forró Caju em Casa, já que o evento não é só um momento de política cultural, de festejar a nossa principal festa, mas é também um fomento às cadeias produtivas da música, que neste momento encontram-se penalizadas por causa da pandemia”, detalhou o presidente da Funcaju, Luciano Correia.

Com a divulgação do resultado final, as gravações se iniciam no dia 10 de junho. Serão selecionados grupos de forró pé de serra, grupos de arrocha ou piseiro e bandas com vertentes do forró.

“Serão contempladas 100 apresentações que totalizam cerca de 400 artistas beneficiados diretamente. A evolução da festa, este ano, representa o êxito do ano passado. Tivemos quase 300 mil visualizações em 2020 e nossa perspectiva é de aumentar porque temos os canais da Prefeitura e também a plataforma de streaming AjuPlay, que é uma novidade maravilhosa para não só fazer circular a produção cultural sergipana, mas de visibilidade da classe artística”, completou o presidente da Funcaju.

Leia também:  Programação do Forró Caju em Casa segue até o dia 30 de junho

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Fredson Navarro

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!