Inicio » Renato gaucho novo técnico » Avião Chinês Com 132 Pessoas Cai Na Região Sul De Guangxi

Avião Chinês Com 132 Pessoas Cai Na Região Sul De Guangxi

Aeronave com 132 pessoas a bordo despencou 7.878 metros em 156 segundos. Queda aconteceu em Guangxi, região montanhosa no sul da China.

Um avião da China Eastern Airlines que transportava 132 pessoas caiu nas montanhas da região de Guangxi, no sul da China, na tarde de segunda-feira (21).

De acordo com a Administração de Aviação Civil do país (CAAC), o Boeing 737 estava a caminho da cidade de Kunming, no sudoeste, para Guangzhou, quando perdeu contato sobre a cidade de Wuzhou. 

A bordo estavam 123 passageiros e nove tripulantes , disse a CAAC em um comunicado publicado online.

A China Eastern Airlines confirmou esses detalhes e disse que ativou procedimentos de emergência, incluindo uma linha para assistência de emergência para familiares.

A China Eastern Airlines suspendeu todos os seus voos com aquele modelo de aeronave.
A China Eastern Airlines suspendeu todos os seus voos com aquele modelo de aeronave / Imagem: reprodução

Os esforços de resgate estão em andamento no local do acidente, mas não há detalhes imediatos sobre a possível causa ou o número de vítimas.

A China Eastern ofereceu suas condolências aos mortos no incidente, sem confirmar nenhum número de mortos.

A causa da queda do avião ainda está sob investigação. A empresa expressa suas condolências aos passageiros e tripulantes que morreram neste acidente“, disse a companhia aérea em comunicado.

Destroços do avião Boeing 737, que caiu na china
Destroços do avião Boeing 737, que caiu na china / Imagem: reprodução

A empresa acrescentou que está em contato com o Conselho Nacional de Segurança em Transportes dos EUA e que seus especialistas técnicos estão prontos para ajudar na investigação da CAAC.

A equipe do Leste da China espera para levar os parentes das pessoas a bordo do voo MU5735 para uma área especial no Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, o destino do voo, na segunda-feira.

O presidente chinês, Xi Jinping, instruiu os serviços de emergência do país a “organizar uma operação de busca e salvamento” e “identificar as causas do acidente”, informou a mídia estatal.

Equipes de resgate seguiram para o local do acidente, onde há fogo visível
Equipes de resgate seguiram para o local do acidente, onde há fogo visível

Descida Repentina

A aeronave perdeu contato com os serviços de emergência antes de “descer repentinamente” por volta das 14h19 (local), informaram autoridades do governo chinês e a mídia estatal.

Um avião da China Eastern (número de voo MU5735) perdeu contato às 14h15… As equipes de resgate estão a caminho do marco zero e o trabalho de resgate está sendo organizado“, disse o Departamento de Gerenciamento de Emergências de Guangxi em comunicado.

Parentes dos passageiros são vistos na área de espera do Aeroporto Internacional Guangzhou Baiyun, na província de Guangdong, no sul da China, nesta segunda-feira (21)
Parentes dos passageiros são vistos na área de espera do Aeroporto Internacional Guangzhou Baiyun, na província de Guangdong, no sul da China, nesta segunda-feira (21) / Imagem: reprodução

A altitude do avião caiu de 8.869 metros (29.098 pés) para 1.333,5 metros (4.375 pés) em três minutos.

Equipamentos pesados ​​de resgate não conseguiram chegar ao local – que não tem eletricidade – pois é cercado por montanhas em três lados e acessível apenas por um caminho estreito.