Câmara Municipal realiza audiência pública “Pensar uma Aracaju mais Sustentável”

Audiência foi realizada nesta sexta-feira de forma virtual.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
04/06/2021 às 16:01 - atualizado em 04/06/2021 às 15:10

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

Na manhã desta sexta-feira (4), o vereador Breno Garibalde (DEM) promoveu uma audiência pública pela Câmara Municipal de Aracaju com o tema “Pensar uma Aracaju mais sustentável”. Transmitida ao vivo pelo Youtube da Tv Câmara, a audiência fez parte da programação da Semana do Meio Ambiente, promovida pelo parlamentar.

Para Breno, o meio ambiente está entrelaçado com outras questões atuais e tem a ver com economia, pandemia e plano diretor. 

“Foi uma audiência muito proveitosa onde pudemos discutir questões ambientais muito sérias e necessárias, principalmente no contexto de pandemia que estamos vivenciando. Falamos sobre atualização do Plano Diretor, Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, esgotamento sanitário, emergências climáticas e muito mais”, ressaltou Breno. 

Participaram da audiência, Eduardo Matos, promotor do meio ambiente do Ministério Público; André Fraga, engenheiro ambiental e vereador de Salvador; Gilberto Natalini, ex-vereador de São Paulo, médico e ambientalista; Georlize Teles, delegada do meio ambiente e Adalto Ribeiro, professor da Universidade Federal de Sergipe; além de diversos vereadores de Aracaju.   

“Quero agradecer a todos os palestrantes que tiraram um tempo para participar e também agradecer a todos os vereadores e vereadoras de Aracaju que prestigiaram. O Dia Mundial do Meio Ambiente é neste sábado, 5 de junho e infelizmente não temos muito o que comemorar, porém continuaremos na luta por uma cidade mais sustentável e comprometida com as ações ambientais”, destacou o vereador. 

Palestrantes
O primeiro palestrante da audiência foi o promotor do meio ambiente do Ministério Público, Eduardo Matos, que falou sobre a importância da luta pelas causas ambientais e o papel do MP nesta questão.

“Quero parabenizar a Câmara de Vereadores e o vereador Breno Garibalde que tem atuado na comissão do Meio Ambiente e junto ao MP, levando questões fundamentais para a luta ambiental que é permanente e necessária para a manutenção do planeta”, afirmou.

Em seguida foi a vez do engenheiro ambiental e vereador de Salvador André Fraga, que falou sobre as experiências exitosas na capital baiana e destacou a importância das emergências climáticas.

“É uma troca de ideias e sugestões muito importante já que Salvador e Aracaju possuem uma conexão muito grande. Me inspiro bastante no trabalho de Breno e sempre estamos conversando sobre o que podemos melhorar em ambas as cidades. Uma das principais questões que temos que debater é sobre as emergências climáticas. Esse é um fenômeno causado por nós mesmos e que nos coloca no limite de uma possível extinção em massa. É uma fala dura, mas necessária. Caso a gente não impeça esse avanço, teremos uma completa alteração do clima”, ressaltou.

Também palestrante, o ex-vereador de São Paulo, Gilberto Natalini, afirmou que o meio ambiente é o último que se fala e o primeiro que apanha. “Essa é a realidade no Brasil. As pessoas sabem do tamanho da encrenca, mas muito poucas realmente agem para mudar essa realidade. A nossa função enquanto pessoas públicas é diminuir a distância entre a preocupação com a questão ambiental e a ação prática”, destacou.

A delegada do Meio Ambiente, Georlize Teles, falou sobre a importância da criação da Delegacia Especializada de Proteção Animal e Meio Ambiente – DEPAMA, inaugurada na última segunda-feira (31) e que já conta com mais de 150 denúncias.

“Foi muito importante Sergipe criar esta delegacia e já estamos com um número alto de denúncias, ou seja, havia uma demanda represada na sociedade. As pessoas tinham a noção do que deveria ser crime, mas não tinham a certeza. Hoje o estado conta com esta delegacia para averiguar todas essas infrações contra o meio ambiente e os animais”, concluiu.

O professor da Universidade Federal de Sergipe, Adauto Ribeiro, mostrou preocupação com as vegetações nativas. “Nossa cidade é cercada por águas e gastamos muito dinheiro para construir obras que barram o avanço dos mares e rios, quando na verdade o ideal seria plantar mangue e outras vegetações nativas que já atuam fazendo a contenção desse avanço”, explicou.

Também participaram da audiência os vereadores e vereadoras: Ricardo Vasconcelos, Paquito de Todos, Fabiano Oliveira, Linda Brasil, Professora Ângela, Sargento Byron, Emília Corrêa, Binho, Cícero do Santa Maria e Sávio

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Fredson Navarro

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!