Canadá investiga 480 mortes em meio a onda de calor histórica

A região da Colúmbia Britânica registrou a temperatura de 47,5º C graus na segunda-feira - a mais alta já registrada no Canadá

Por: Caroline Brito - Jornalista
01/07/2021 às 09:15 - atualizado em 01/07/2021 às 09:15

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

Foram relatadas 486 mortes na região da Colúmbia Britânica, no Canadá, desde sexta-feira, em meio a uma onda de calor que trouxe temperaturas recordes até então nunca vistas na região segundo relatos de autoridades.

A região registrou a temperatura de 47,5º C graus na segunda-feira – a mais alta já registrada no Canadá, e cerca de 9º C acima do normal para esta época do ano.

Também houve um aumento nas mortes repentinas em Vancouver e nas proximidades de Burnaby e Surrey. As leituras no centro de Vancouver eram de 37º C  no sábado, 37,5º C no domingo e 38,6º C na segunda-feira.

Os legistas agora trabalham coletando informações para determinar a causa das mortes e se foram causadas somente pelo calor excessivo.

Para amenizar os riscos decorrentes da onda de calor, algumas cidades abriram “centros de resfriamento”, suspenderam as campanhas de vacinação contra a Covid-19 e algumas escolas estão sem aulas.

Imagem: Divulgação.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Caroline Brito
Caroline Brito é jornalista, formada pela Universidade Federal do Ceará, em 2012, e mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela UECE. Saiba mais sobre Caroline em seu perfil!