CBF desiste de 5ª cidade-sede e pretende utilizar Engenhão na Copa América

A ideia é que a competição esportiva seja realizada em apenas quatro unidades da federação: Brasília, Goiás, Mato Grosso e Rio de Janeiro.

Por: Caroline Brito - Jornalista
03/06/2021 às 09:00 - atualizado em 02/06/2021 às 19:34

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sinalizou, nesta quarta-feira (2), ao Palácio do Planalto que vai desistir de ter uma quinta cidade-sede para a Copa América, se for confirmada a realização no Brasil pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A ideia é que a competição esportiva seja realizada em apenas quatro unidades da federação: Brasília, Goiás, Mato Grosso e Rio de Janeiro.

Copa América. Imagem: Divulgação.

A fim de compensar a falta de uma quinta cidade-sede, número adotado em anos anteriores do torneio de futebol, o estádio Nilton Santos, conhecido como Engenhão, deve ser disponibilizado para a Copa América.

Além do Engenhão, o Rio de Janeiro também deve disponibilizar para a competição esportiva o Maracanã, que deve ser usado apenas para o jogo final.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Caroline Brito

Caroline Brito
Caroline Brito é jornalista, formada pela Universidade Federal do Ceará, em 2012, e mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela UECE. Saiba mais sobre Caroline em seu perfil!