Inicio » Notícias » O Que É Uma Dieta Baseada Em Plantas E Quais São Os Seus Benefícios

O Que É Uma Dieta Baseada Em Plantas E Quais São Os Seus Benefícios

Conheça os benefícios da dieta baseada em plantas

A frase “dieta baseada em plantas” parece surgir em toda parte hoje em dia, mas o que realmente significa? Bem, depende de a quem você pergunta.

Aqui, discutimos o que define uma dieta baseada em vegetais, os benefícios potenciais que tem e forneceremos algumas dicas úteis para aqueles que procuram mudar para uma forma de alimentação mais baseada em plantas.

O que é uma dieta baseada em vegetais? Até o momento, não há consenso sobre o que define uma dieta baseada em vegetais. Tem sido usado para descrever uma variedade de padrões dietéticos, variando de uma dieta vegana a uma dieta mediterrânea.

Dieta Baseada Em Plantas

Os benefícios da dieta baseada em plantas
Os benefícios da dieta baseada em plantas (imagem: divulgação)

Embora essas formas de alimentação difiram na quantidade de carne e leite que contêm, todas as descrições de uma dieta baseada em vegetais se concentram fortemente na promoção de alimentos vegetais saudáveis, como frutas, vegetais, grãos inteiros, feijão, leguminosas, nozes e sementes.

Mesmo sendo algo muito novo, os entusiastas do tema esperam que em alguns anos a dieta baseada em plantas seja tão comum quanto fazer apostas em um casino online dinheiro real, como acontece em países em que a prática é legalizada.

Ainda que uma dieta baseada em vegetais seja frequentemente usada para descrever uma dieta exclusivamente vegetariana ou vegana, não sempre se trata de evitar totalmente os produtos de origem animal.

As dietas baseadas em vegetais devem ser consideradas dietas centradas em vegetais ou abordagens ‘flexitaristas’, que enfatizam o consumo de alimentos vegetais saudáveis. Embora a carne e os laticínios não sejam necessariamente evitados por completo, a frequência e as porções consumidas serão reduzidas e a maioria dos nutrientes deve vir de alimentos vegetais saudáveis.

Os Benefícios Para A Saúde

Uma alimentação baseada em vegetais bem planejada é rica em nutrientes
Uma alimentação baseada em vegetais bem planejada é rica em nutrientes (imagem: divulgação)

As dietas baseadas em plantas têm sido elogiadas pelos seus benefícios à saúde e ao meio ambiente. As dietas à base de vegetais são ricas em frutas, vegetais, grãos inteiros, feijões e leguminosas, bem conhecidas pelos seus benefícios para a saúde.

Portanto, não é uma surpresa para ninguém que as pessoas que comem uma dieta baseada em plantas e rica nesses alimentos saudáveis ​​tenham um risco menor de sofrer várias doenças, como doenças cardíacas, certos tipos de câncer e diabetes tipo 2.

Como a maioria das dietas saudáveis, a razão exata pela qual as dietas à base de plantas nos protegem contra doenças não é totalmente compreendida. O seu benefício é provavelmente devido a uma combinação de muitos fatores, incluindo uma menor densidade de energia, maior ingestão de vitaminas, minerais, gorduras insaturadas e fibras, bem como uma redução nas gorduras saturadas, açúcares, sal e carnes vermelhas e processadas.

Aprenda a montar seu prato com plantas e hortaliças
Aprenda a montar seu prato com legumes e hortaliças (imagem: divulgação)

Além disso, as pessoas que seguem dietas baseadas em vegetais tendem a ser mais preocupadas com a saúde e ter estilos de vida mais saudáveis ​​(ou seja, são menos propensas a fumar, são mais ativas fisicamente e bebem álcool moderado) do que as pessoas que seguem uma dieta comum. Portanto, alguns dos benefícios observados nas dietas à base de plantas podem ser atribuídos a outros comportamentos de saúde.

Nossas decisões alimentares diárias não afetam apenas a nossa saúde, mas também afetam o meio ambiente. Hoje, o sistema alimentar global contribui com aproximadamente 20-35% das emissões globais de gases de efeito estufa e é um dos principais impulsionadores da conversão de terras, desmatamento e perda de biodiversidade.

Em geral, produtos de origem animal como carne bovina, cordeiro e laticínios têm um maior impacto ambiental (ou seja, eles usam mais recursos e produzem mais gases de efeito estufa) do que fontes vegetais, como soja, nozes e leguminosas.

Mudar os padrões dietéticos para incluir mais alimentos vegetais saudáveis ​​pode beneficiar a nossa saúde e o planeta. No entanto, é importante lembrar que a alimentação sustentável é mais do que apenas reduzir os produtos de origem animal, é também reduzir o desperdício de alimentos, comer mais alimentos locais e sazonais e escolher embalagens mais sustentáveis.