Oposição defende criação da CPI da Covid em Sergipe: falta apenas uma assinatura

A líder da oposição se diz otimista com as conversas e lembra que falta apenas uma assinatura para protocolar a abertura da CPI da Covid.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
12/05/2021 às 13:54 - atualizado em 29/05/2021 às 17:30

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

A deputada estadual e líder da oposição Kitty Lima (Cidadania) reforçou a importância da instauração da CPI da Covid pelo Legislativo Estadual e anunciou que os diálogos têm avançado entre os parlamentares que ainda não assinaram o documento para a abertura do processo que investigará a gestão do Governo do Estado sobre a pandemia do novo corona

Em seu discurso, Kitty garantiu que tem dialogado ao longo das últimas semanas com todos os demais deputados a fim de convencê-los a assinar o requerimento para criação da CPI. A líder da oposição se diz otimista com as conversas de bastidores e lembra que falta apenas uma assinatura para protocolar a abertura da CPI da Covid na Alese.

“Tenho conversado todos os dias com os colegas deputados apelando para o bom senso e razoabilidade para assinatura desse requerimento, falta apenas uma assinatura e estamos confiantes que em breve, muito em breve, conseguiremos esse apoio. Enquanto isso vamos continuar avançando no diálogo”, revelou Kitty.

A deputada explica ainda que a urgência para instaurar a CPI tem como foco “entender o que o Governo do Estado fez, está fazendo e pretende fazer no combate a esse vírus, estamos atrás de respostas, principalmente, para auxiliar os trabalhos de enfrentamento a esse vírus. Queremos transparência sobre os recursos públicos destinados à luta contra a Covid-19 e eficiência da gestão da maior crise sanitária da atualidade”.

CPI da Covid
Alvo de críticas desde o anúncio feito pela bancada do Cidadania na Alese, composta pela deputada Kitty Lima e pelos deputados Georgeo Passos e Dr. Samuel Carvalho, a CPI da Covi investigará de forma minuciosa toda a aplicação dos recursos federais destinados à Sergipe para o enfrentamento à pandemia pela Covid-19 e às ações de apoio em decorrência dela.

Outro foco da investigação da CPI será a fiasca negociação com o Consórcio Nordeste onde o Governo de Sergipe destinou milhões de reais para compra de respiradores mecânicos para UTI a pacientes vítimas da Covid e nunca recebeu uma máquina sequer.

“Esse foi um verdadeiro calote aos cofres públicos do estado e, principalmente, aos sergipanos. Precisamos investigar o que de fato aconteceu e onde estão os cerca de R$ 5 milhões que ainda não foram devolvidos do montante pago pelo governador Belivaldo Chagas ao Consórcio Nordeste. Espero que os colegas deputados tenham consciência da importância dessa CPI e assinem o requerimeto para abertura das investigações”, finalizou Kitty.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Fredson Navarro

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!