Paralisação da Caixa que estava programada para ocorrer hoje é adiada

Protesto foi realizado por funcionários do banco em Aracaju na manhã desta terça-feira.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
27/04/2021 às 11:00 - atualizado em 27/04/2021 às 11:17

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

Após ser anunciada a paralisação nas atividades da Caixa Econômica Federal de todo o país nesta terça-feira, 27 de abril, o ato foi adiada pela Plenária da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe (Feebbase).

A mobilização foi transformada em Dia de Protestos, com paralisações parciais, mas o Estado de Greve segue mantido.

Em Aracaju, os bancários realizam uma manifestação na Agência Serigy da Caixa Econômica Federal, localizada no Calçadão João Pessoa, no Centro da capital.

A mobilização nacional é contra a abertura de capital da Caixa Seguridade; pela contratação dos aprovados no concurso de 2014; por maior proteção contra a Covid-19 nas agências da Caixa e contra a privatização do banco.

“Os funcionários da Caixa estão no limite, trabalhando em condições precárias e ainda não estão contemplados como prioridade no Plano Nacional de Vacinação. No atendimento presencial, assim como outras categorias, arriscam a própria vida para atender as pessoas que precisam receber o Auxílio Emergencial e outros tantos benefícios pagos pela Caixa”, diz o diretor do SEEB/SE, Marcelo de Oliveira.

Até o final de semana, a Feebbase convocará uma nova plenária para avaliar os protestos e decidir sobre novas estratégias do movimento.

A Caixa informou que participa da mesa permanente de negociação com representantes sindicais. A instituição também declarou que o atendimento à população não sofrerá descontinuidade.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!