Inicio » Renato gaucho novo técnico » Paulo Vaz, Policial Trans E Ativista, Morre Aos 36 Anos

Paulo Vaz, Policial Trans E Ativista, Morre Aos 36 Anos

Paulo era um dos poucos policiais trans em atividade. a causa da morte não foi divulgada.

O policial civil Paulo Vaz, homem trans de 36 anos, morreu na noite desta segunda-feira (14), de acordo com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra).

Paulo é conhecido nacionalmente por ser um dos poucos homens na polícia que representam a comunidade trans.

A causa da morte, entretanto, não foi divulgada para a imprensa.

Nota Da Antra

Paulo Vaz e seu namorado, Pedro
Paulo Vaz (à esquerda) e seu marido / Imagem: divulgação

Acabamos de saber que o @popo_vaz nos deixou. Infelizmente perdemos mais um de nós que não suportou continuar em uma sociedade tão violenta e desumana. Obrigada por tudo! Seguiremos em luto, na luta. Não é hora de especular sobre a morte do Paulo. Respeitem a dor de quem perdeu um amigo, marido, filho e irmão. É hora de silenciar e refletir. Precisamos pensar em formas de construir um mundo onde as pessoas queiram viver“, escreveu a associação em uma rede social.

Paulo era investigador da Policial Civil desde abril de 2018, na região da Grande São Paulo. 

Ela já usou as redes sociais para apoiar Leandro Prior, um PM que foi alvo de ataques homofóbicos por aparecer em um vídeo fardado beijando outro homem na boca no Metrô de São Paulo em 2018. 

Ele era casado com o youtuber PedroHMC.