Queimadas na Amazônia Legal sobem 49% em maio

Em maio de 2021 foram registrados 2.679 focos de fogo na floresta. Em 2020, no mesmo mês, foram 1.798

Por: Caroline Brito - Jornalista
06/06/2021 às 11:30 - atualizado em 05/06/2021 às 16:58

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O total de focos de queimadas registrados na Amazônia Legal em maio de 2021 foi 49% maior que o número registrado no mesmo mês de 2020 de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Vale ressaltar que o número é 34,5% superior à média histórica do mês. Os dados causam preocupação já no início da temporada de queimadas no Brasil, que começa entre maio/junho e segue até setembro/outubro.

Imagem: Divulgação

Em maio de 2021 foram registrados 2.679 focos de fogo na floresta. Em 2020, no mesmo mês, foram 1.798. A média histórica para o mês é de 1.991 focos, e o recorde para maio ocorreu em 2004, quando houve 5.155 pontos.

O Inpe faz o monitoramento dos dados de queimadas em todos os biomas brasileiros desde 1998.

Cabe mencionar que a Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro e engloba a área de 8 estados (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), além de parte do Maranhão.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Caroline Brito
Caroline Brito é jornalista, formada pela Universidade Federal do Ceará, em 2012, e mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela UECE. Saiba mais sobre Caroline em seu perfil!