Ricardo Marques aprova emendas para o PPA seguindo suas bandeiras de atuação

O PPA começou a ser votado nesta terça-feira, 14 de dezembro, na Câmara Municipal de Aracaju.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
16/12/2021 às 17:08 - atualizado em 16/12/2021 às 17:08

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) apresentou emendas para o Plano Plurianual em prol da população aracajuana focando em suas áreas de atuação que mais se destacaram no seu primeiro ano como vereador por Aracaju. O PPA começou a ser votado nesta terça-feira, 14 de dezembro, na Câmara Municipal de Aracaju. Os parlamentares estão apreciando o Plano, que terá vigência de quatros anos, enviado pelo Poder Executivo municipal. Após a aprovação do PPA, a CMA dará início a apreciação do Projeto de Lei Orçamentária Anual a (PLOA) que tem previsão orçamentária para 2022 de mais de R$ 2,95 bilhões.


“As emendas que apresentei versam sobre as principais bandeiras do meu mandato com a defesa da melhor mobilidade urbana, melhorias no transporte público, transparência e boa gestão dos recursos públicos, economia e empreendedorismo, crianças especiais e idosos, além de educação e valorização dos profissionais da educação e da saúde”, explica Ricardo Marques.

Conheça logo abaixo algumas emendas apresentadas pelo vereador:

-SMTT: educação dos usuários e das empresas de transporte público sobre a acessibilidade de idosos e pessoas com deficiência; implantação definitiva dos semáforos inteligentes, com a instalação de uma central/gestão de controle que trará uma melhora significativa à mobilidade urbana.

-Criar um Projeto Estratégico destinado a assegurar às pessoas com deficiência, portadores de doenças graves e idosos a prioridade nos atendimentos vinculados à saúde. Trata-se de medida de extrema relevância que busca dar efetividade ao princípio da igualdade, segundo o qual os desiguais devem ser tratados com absoluta prioridade. Com a aprovação desta emenda, todo gasto e política pública relacionada à saúde terá que observar as prioridades aqui estabelecidas.

-Saúde e educação como dois temas de extrema relevância que precisam de maior atenção do Município de Aracaju, que deve objetivar, sempre, ser um referencial dentro do nosso país.

  • A gestão do Plano Plurianual observará os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, eficácia, efetividade e transparência e compreenderá a implementação, monitoramento, avaliação e revisão de programas.

    -Incentivo ao desenvolvimento da autonomia financeira e criação de políticas que incentivem o empreendedorismo em nossa cidade.

    -Acompanhamento das famílias para minimizar a evasão escolar e garantir um melhor rendimento dos alunos, buscar reforçar a necessidade de adoção de políticas públicas e destinação de recursos para a capacitação, aprimoramento, acompanhamento e valorização dos profissionais da educação, não só os professores, mas todos aqueles ligados diretamente a esta área de atuação do Município.

    -O Município de Aracaju deverá disponibilizar no Portal da Transparência um relatório trimestral, indicando a evolução relacionada ao cumprimento dos Programas e Ações objetos desta Lei.

    O vereador acredita ainda que as votações dessa semana serão marcantes e poderão ser um momento disruptivo para a Câmara Municipal de Aracaju. “Estou na expectativa que o Parlamento compreenda que estamos aqui para somar forças com o poder executivo e sugerir uma melhor alocação do dinheiro público” conclui o vereador Ricardo Marques.
Leia também:  Acidentes e problemas no transporte público demonstram que a mobilidade urbana está na UTI, afirma Ricardo Marques

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Fredson Navarro

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!