Ricardo Marques participa de mais uma audiência da revisão do Plano Diretor e ouve as necessidades da população

“Antes de votar é necessário ouvir todos os lados e tenho feito isso em relação a revisão do Plano Diretor de Aracaju”.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
29/09/2021 às 14:37 - atualizado em 29/09/2021 às 14:37

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) participou da terceira audiência pública de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) da capital, realizada na noite da terça-feira, 28 de setembro, na Emef Teixeira Lott, no bairro América, na Zona Oeste, e ficou atento às necessidades da população. Muitos moradores estão participando e reclamando da falta de espaço para falar sobre as suas dificuldades enfrentadas diariamente.

“Antes de votar é necessário ouvir todos os lados e tenho feito isso em relação a revisão do Plano Diretor de Aracaju”, afirma Ricardo Marques.

A população está indignada pela forma que as audiências públicas estão sendo realizadas nos bairros, o clima esquentou nesta terceira reunião com a participação da população.

“É necessário abrir espaço para que a população possa falar a realidade que vive. Afinal a revisão do Plano Diretor discute a vida comunitária e todos estão envolvidos. A população passa por dificuldades todos os dias e tudo faz parte do Plano Diretor como: a qualidade de moradia, a saúde, o trabalho, a educação e a locomoção. E aqui estão falando sobre a área de alagamento e drenagem. A sensação é que o plano já está pronto e eles estão apenas passando as informações. O plano está defasado há 21 anos e agora querem pressa para aprovar por qual motivo? É hora de a gente falar sobre nossas dificuldades enfrentadas diariamente para depois a prefeitura buscar a solução de cada problema e incluir no novo Plano Diretor. Queremos uma vida digna”, disse Heloísa Diniz, presidente do CAU.

Ademir Costa também entrou na discursão e pediu espaço para ser ouvido. “Precisamos ser ouvidos. Vocês precisam saber o que estamos sentindo no dia a dia. Democraticamente é ouvir cada morador antes de fazer a revisão deste Plano Diretor”, desabafa.

Muito atento, Ricardo Marques, observou tudo, ouviu os moradores e bateu um papo com o presidente da Emurb, Sérgio Ferrari, responsável por conduzir as audiências.

O parlamentar perguntou como Ferrari avalia as primeiras três, das oito audiências pública e questionou os próximos passos.

“Considero que estamos conseguindo alcançar nossos objetivos com a presença significativa do público. Estamos ouvindo a população e usando como um termômetro para identificar as necessidades de cada região. Após a finalização das audiências e consultas públicas, a Prefeitura de Aracaju vai recolher todas as pontuações e buscar soluções, o que for pertinente será incluído no Plano Diretor e depois tem a fase da votação no Conselho do Diretor do Município e após a sua aprovação, o Plano Diretor vai ser finalizado e enviado para os vereadores avaliarem na Câmara Municipal”, detalha.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Fredson Navarro

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!