Técnicas terapêuticas podem combater insegurança no retorno presencial às aulas

Com o avanço na vacinação e os baixos números de casos de COVID-19, a volta às aulas presenciais tem acontecido de forma gradual para crianças e adolescentes.

Por: Fredson Navarro - Jornalista
23/08/2021 às 11:46 - atualizado em 23/08/2021 às 11:49

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

Com o avanço na vacinação e os baixos números de casos de COVID-19, a volta às aulas presenciais tem acontecido de forma gradual para crianças e adolescentes. Após um ano e meio no ensino remoto, uma experiência nunca antes vivida, o “novo normal” pode causar ansiedade e medo de infecção pela doença. Para ajudá-los nesse momento, as Práticas Integrativas e Complementares (PICS) têm sido muito utilizadas.

As PICS são recursos terapêuticos que atuam na prevenção de doenças e recuperação da saúde, com ênfase no acolhimento e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade. Cíntia Barreto, terapeuta holística, auxilia as crianças a lidarem com o medo e a insegurança por meio das práticas complementares, como aromaterapia, florais de bach e o Reiki, uma técnica que utiliza a imposição de mãos para canalizar a energia vital visando promover o equilíbrio energético.

Cintia Barreto ressalta que com a disseminação do conhecimento, a tendência é que modalidades como reiki sejam melhor aproveitadas no dia a dia do indivíduo. “Cada vez mais, as pessoas estão aderindo a tratamentos que utilizam recursos terapêuticos que podem somar à medicina tradicional, o que sem dúvida pode trazer mais saúde e qualidade de vida, inclusive no pós-pandemia”, diz.

De acordo com Cintia, os processos são fundamentais para combater emoções negativas. E as PICS irão ajudar aos jovens e crianças a retornarem às aulas de forma mais tranquila, mesmo que seja num ambiente diferente. “O momento que estamos vivendo foi desafiador para todos. Os nossos jovens e crianças também estão recebendo as informações negativas a todo momento. Precisamos cuidar e observar para que o retorno às aulas não seja traumático, assim como foi, para alguns, a ida para o online”, diz.

O apoio e envolvimento da família tem papel importante no tratamento. Com o núcleo familiar envolvido e realizando os procedimentos em casa, todas as etapas são concluídas e o resultado é muito satisfatório. Assim, os pacientes conseguem eliminar todos os medos e inseguranças nesse processo de volta às aulas e atingir um melhor desempenho na escola.

Reiki

Reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Reiki é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) como uma Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – assim como yoga, arteterapia, meditação, entre outras. O método funciona como uma limpeza energética para alinhar os chakras – centros das energias vitais. A prática, desenvolvida no Japão, pode ainda reduzir sintomas de estresse, depressão e ansiedade, dores, insônia e muito mais.

*Com informações da assessoria de imprensa

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Fredson Navarro
Fredson Navarro é jornalista, formado em 2005 pela Universidade Tiradentes. Atua no mercado sergipano há mais de 15 anos. Saiba mais sobre Fredson em seu perfil!