México descriminaliza uso recreativo da maconha para adultos

Um dos maiores mercados de erva do mundo, o país latino-americano descriminalizou o uso da droga em seu território; entenda o que muda

Por: Gabriel Brolli - Jornalista
29/06/2021 às 12:10 - atualizado em 29/06/2021 às 12:10

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

Um dos maiores mercados de erva do mundo, o México descriminalizou o uso recreativo da maconha para adultos. A decisão veio nesta segunda-feira (28), por meio da Suprema Corte de Justiça do país, que decidiu que as proibições anteriores eram inconstitucionais.

Assim, em assembleia, a decisão contou com a aprovação de 8 dos 11 magistrados envolvidos. Logo depois, o presidente do tribunal, Arturo Zaldívar, discursou sobre um momento histórico para o país.

Então, a partir de agora, adultos que quiserem fazer uso recreativo da maconha no México terão autorização cedida.

México descriminaliza uso recreativo da maconha para adultos
México descriminaliza uso recreativo da maconha para adultos (Foto: Pexels)

Por outro lado, o comércio ainda aguarda regulamentação. Dessa forma, as pessoas não podem vender ou ter uma quantidade da erva superior a 5 gramas. Além disso, o uso da maconha para fins medicinais já foi descriminalizado em 2017.

Ativistas celebram descriminalização do uso recreativo da maconha

México vive uma situação crítica de violência desde 2006. Naquele ano, o governo do país lançou uma campanha feroz contra cartéis de narcotráfico.

Assim, desde então, foram mais de 300 mil assassinatos de civis. Muitos deles ligados ao crime organizado. Por isso, acredita-se que a descriminalização do consumo de maconha possa ajudar a conter a violência.

Por outro lado, ativistas que celebraram a nova regulamentação, lamentam alguns retrocessos. Grupos apontam que o Legislativo precisa, urgentemente, legislar sobre o porte e comercialização da maconha. Do contrário, a violência institucional que envolve o uso e consumo dessa droga deve continuar.

Por fim, segundo o Grupo Promotor da Indústria da Cannabis (GPIC), o México é o maior mercado de maconha do mundo. Somente no ano passado, foram mais de 244 toneladas de erva apreendida no país.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News

Gabriel Brolli
Gabriel Brolli é jornalista. Com experiência em tradução, redação e produção de conteúdo para redes sociais, já colaborou para grandes veículos de comunicação. Saiba mais sobre Gabriel em seu perfil!