Após percebido o impacto econômico causado pela pandemia do novo coronavírus, o Ministério da Economia divulgou que uma nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço-FGTS seria autorizada. Objetivando ajudar os brasileiros que sofreram perda de renda em decorrência da crise sanitária.

Portanto, de acordo com a Medida Provisória-MP 946, o saque emergencial do FGTS deve ser iniciado na próxima segunda-feira (15/06). Assim como, o valor estará disponível até 31 de dezembro. No entanto, até o presente momento, ainda não se sabe detalhes sobre como será feita a retirada do dinheiro.


RELACIONADAS



Inicialmente, a MP foi publicada em 08 de abril , autorizando os trabalhadores a realizarem saques de até R$ 1.045 das contas que possuir no Fundo, ativas ou inativas.

Loading...

Além disso, a medida provisória aponta uma regra para as pessoas que possuem mais de uma conta vinculada ao FGTS: “I – contas vinculadas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; e II – demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo”.

No entanto, o calendário de pagamento e as regras para realização do saque imediato do FGTS serão definidos pela Caixa Econômica Federal.

Loading...

Saiba mais sobre o novo Saque do FGTS

Novo saque do FGTS inicia na Segunda, mas ainda não tem Calendário
Novo saque do FGTS inicia na Segunda, mas ainda não tem Calendário – Foto: Regional News

Inicialmente, o dinheiro do saque será disponibilizado em uma conta social, a qual possibilitará que as pessoas realizem compras e paguem despesas. Assim, o saque em dinheiro vivo só poderá ser efetuado após certo período, atendendo a uma calendário que será baseado no mês de aniversário do trabalhador.

O efetuação do depósito do pagamento anterior ao saque, segue a mesma mecânica de como é realizado o pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 600. Vale lembrar, que o saque poderá ser realizado por qualquer pessoa que possua saldo em contas ativas ou inativas do FGTS.

De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa, esse método de pagamento auxilia na minimação de filas e aglomerações nas agências do banco. Além disso, incentiva o uso de contas bancárias pelas pessoas.

“Dos 60 milhões de trabalhadores que podem receber o benefício, mais de 20 milhões não têm conta em banco”, argumentou Guimarães. “Faremos o pagamento do FGTS no mesmo sistema do auxílio, com primeiro o depósito e, depois, o saque em espécie, o que permite diminuição das filas.”

Loading...

Segundo a Caixa, brevemente o calendário de pagamento será divulgado. Esta nova liberação de recursos do FGTS poderá beneficiar 60 milhões de contas. Por isso, o governo prevê uma injeção de aproximadamente R$ 34 bilhões na economia, com a nova liberação de saques.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui