O Flamengo foi campeão carioca na última quarta-feira, após vencer o Fluminense nos dois jogos e tendo o domínio da maior parte da partida.

Entretanto, o futebol apresentado pelo rubro-negro não foi o mesmo de 2019, dando margens para uma crítica por parte da imprensa esportiva, que alega a perda de força do Flamengo para 2020.

Como foi a volta?

(YouTube)

RELACIONADAS



O rubro-negro volta aos treinamentos após 94 dias e jogou contra o Bangu, vencendo facilmente por 3 a 0. Desse mesmo modo, o Flamengo venceu o Boavista e o Volta Redonda na semifinal, todos os jogos sendo um amasso do clube carioca.

Assim, foi criada uma grande expectativa para o jogo contra o Fluminense, visto que o tricolor não voltou bem e teve pouco tempo para treinar e voltar ao condicionamento físico ideal.

Jogos contra o Fluminense

E todas as partidas contra o Fluminense o Flamengo foi superior, as não da maneira que vinha jogando em 2019, muita intensidade e amassando o adversário.

Porém, isso é comum no futebol mesmo em 2019 o rubro-negro teve jogos difíceis, como foi o caso da Chapecoense, quase rebaixada que perdeu apenas por 1 a 0 e trouxe bastante dificuldade.

Outro jogo e que o Flamengo oscilou bastante em 2019 foi contra o Fortaleza, quando vence por 2 a 1, mas chegou passar por dificuldades.

O Fluminense deu o melhor

(YouTube)

Primeiramente o tricolor deu o melhor do seu futebol nesses últimos jogos, tendo jogado no limite e segurado o rubro-negro em alguns momentos.

Portanto, mesmo apresentando seu melhor futebol e o Flamengo em seu pior momento no ano, o rubro-negro não perdeu nenhuma das 3 partidas e venceu 2.

O único momento em que o tricolor foi superior e por isso levou o título da Taça Rio foi nos pênaltis, os jogadores treinaram muito bem e tiveram cobranças bem feitas e sem chances para Diego Alves.

Enfim, podemos concluir que os momentos de oscilação sempre ocorrem, as clubes como o Flamengo tendem superar essas dificuldades e conseguem vencer os jogos mesmo estando abaixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui