12 de Dezembro de 2019, atualizado ás 21:12

O jogador ideal para a Copa Davis não existe, segundo Albert Costa

Por: | Esportes


Looks like you have blocked notifications!

A Copa Davis, ou Taça Davis, é um evento internacional de tênis masculino, que mostra um tênis diferente em seus torneios, comovendo uma nação inteira pela taça de prata e permitindo um contato único entre jogador e torcida.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE NEWS

Dirigida pela Federação Internacional de Tênis (ITF), a Copa Davis é a maior competição por equipes no esporte.

Tendo sua primeira edição em 1900, quando estudantes da Universidade de Harvard tiveram a ideia de desafiar os britânicos, antigos campeões, em competições de tênis.
O jogador ideal para a Copa Davis não existe, segundo Albert Costa
(blog.betway.com)

Desse pequeno movimento movido pela vontade de competir e disputar, a Copa Davis nasceu e se moldou conforme o tênis evoluiu na sociedade.

Sendo um evento que mobiliza o mundo do tênis de forma intensa e única a Copa Davis acabou por ser reestruturada recentemente, para que comportasse melhor a participação dos jogadores em seus torneios.

Mudança esta que simplificou as disputas entre as equipes e encurtou ligeiramente a duração do torneio, se tornando mais acessível e menos extensa.

Gerenciada por Albert Costa, que é ex-jogador e ex-capitão, a Copa Davis estreia seus novos padrões com uma expectativa positiva para essa fase do tênis, que carrega o peso da nação nas costas.

Como esta foi é a última etapa da temporada do tênis, foi a chance perfeita para os fãs aproveitarem de forma intensa a emoção dos atletas em quadra.

Quem não deseja torcer por sua nação vendo seu jogador favorito batalhar pela vitória?

A energia da Copa Davis

Dentre os fatores que permitem a exclusividade astral da Copa Davis, Albert Costa, a lenda do tênis espanhol e gerente da Copa Davis, confessa que a competição possui uma atmosfera única.

Ele ressalva que o apoio do público no circuito é maior e que esse detalhe contribui para a criação de uma energia, uma atmosfera, incomparável.

Claro, o apoio dos fãs e torcedores sempre confere uma determinação a mais aos jogadores e equipes, que se dedicam tanto para estarem ali.

Expectativas paro o novo formato

A Copa Davis possui uma importância imensurável para o tênis, porém, muitos jogadores acabaram desistindo de ir com sua seleção.

E uma das razões que levou a falta de grandes jogadores, segundo Albert Costa, foi devido ao torneio não está na sua melhor versão.

Albert relata sua satisfação pela mudança no formato do torneio, que foi liderado pelo jogador de futebol do Barcelona, Gerard Piqué, e diz os novos moldes podem erguer o esporte novamente.

Existe também o quesito a respeito das viagens, que os playoffs exigem e, muitas vezes, acabam por impedir os tenistas de participarem, devido as agendas apertadas dos jogadores.

A maior expectativa é que o novo formato da Copa Davis seja mais simples e acessível e que o torneio, que será em uma semana ou duas, dependendo da classificação da equipe, seja mais condizente com a agenda dos jogadores.

VEJA TAMBÉM:

+10 coisas que apenas a nação rubro-negra vai entender
+Musas do Brasileirão 2019: Charme e Beleza são Atitude

Comparado ao sistema usado anteriormente, que consistia em finais com diversas partidas simultâneas ao redor do mundo, 3 dias de jogos e pisos escolhidos pelo mandante, o novo sistema promete praticidade e conforto.

Assemelhando-se às fases dos mundiais, a nova face da Copa Davis terá uma sede única, permitindo que diferentes equipes joguem as eliminatórias em casa.

Além do piso ser fixado, para melhor adaptação dos jogadores. Por exemplo, caso a temporada seja no saibro, o piso da Copa Davis será no mesmo.

Assim, pode evitar os riscos de lesões e aumentar as chances de poder contar com a presença de grandes tenistas – é o que Albert crê e espera que aconteça.

Albert ainda acrescenta que é uma grande oportunidade para viajar e conhecer cidades novas, ainda desfrutar o melhor do tênis. Que, para melhorar, este ano a fase final foi em Madrid.

Tênis é um esporte individual

Cada esporte tem sua peculiaridade e sua exclusividade e cada tipo de personalidade leva a preferência do público a um deles e Albert concorda que o tênis é um esporte muito individual.

O ex-jogador completa citando que enfrentar tempos difíceis com superação, sem ajuda externa, é difícil. E por essa razão a Copa Davis permite um apoio reforçado aos torneios e aos jogadores.

Pode não ser de conhecimento geral, mas nos bastidores das estrelas do show, os 5 jogadores escolhidos por país, há uma equipe que os ajuda a dar o máximo que podem oferecer nas competições.

Esse apoio é muito importante para manter a motivação ao máximo.

Seja por mensagens positivas antes dos jogos ou durante, ou em reuniões para cantar o hino, chamando o patriotismo do fundo da alma para contagiar.

O jogador ideal para a Copa Davis não existe, segundo Albert Costa
(surtoolimpico.com.br)

Esse clamor intenso e constante faz a diferença durante os jogos, porém, pode acarretar uma pressão e responsabilidade exacerbada.

Como a representação da nação encontra-se nas mãos desses jogadores é natural que exista uma porcentagem de pressão a respeito da vitória. Afinal, eles representam o país.

Albert revelou em exclusiva que o segredo para aliviar essa tensão é a figura do capitão.

O capitão é o responsável por liderar a equipe, também é quem envolve todos durante o torneio, demonstrando sabedoria e apoio.

Albert Costa foi capitão, ele sente como é importante esse papel e relembra, com carinho, a oportunidade de fazer parte da equipe que conquistou a primeira taça para a Espanha.

Então, mais do que ninguém Albert sabe o peso desse papel e frisa repetidas vezes a importância do Capitão.

Dirigindo a Copa Davis

O jogador que participa do torneio vive uma emoção muito diferente de quem o organiza. O que dura apenas algumas semanas para um, é um trabalho de meses para outro e Albert reconheceu que vive a Copa Davis de forma diferente agora.

O jogador ideal para a Copa Davis não existe, segundo Albert Costa
(atptour.com)

Dirigir, organizar, estar nos bastidores de eventos como este fez Albert perceber o trabalho que os preparos da competição demandam.

Entretanto, ele ressalva que conseguiu atingir seu objetivo de continuar desfrutando do tênis, mesmo aposentando sua raquete.

As disputas para a final

Segundo a informação oferecida pela Betway Esportes, site de apostas, 18 países, em seis grupos, disputaram a final da Copa Davis em Madrid.

Dentre os tenistas do top 10 do mundo, Albert Costa se sente feliz com a equipe da Espanha, que conta com Rafa Nadal, Roberto Bautista, Pablo Carreño, Marcel Granollers e Feliciano López.

E dessa maneira, a Espanha garante seu sexto torneio na Copa Davis, com Rafa Nadal ganhando prêmio como jogador mais valioso.

Não é à toa que o ex-jogador esteja tão exultante com essa Copa Davis e esteja tão animado para seus frutos.

O Jogador perfeito da Copa Davis

Em exclusiva, Albert Costa afirma que não existe jogador perfeito, mas tentou rascunhar o que seria o tenista dos sonhos ao fragmentar alguns nomes fortes do esporte.

Rafael Nadal foi citado em dois pontos, mentalidade e o físico, pois, para Albert precisaria desses dois quesitos do jogador.

Agora, para o jogo de pés ele escolheu David Ferrer, pois sua mobilidade é exemplar e um tenista precisa saber onde estar e na hora certa para rebater.

Pete Sampras ficou com o smash e saques melhores, devido a sua maestria em conseguir aces e em aproveitar os balões rebatidos pelos adversários.

Novak Djokovic também faz parte do quebra-cabeça do melhor tenista da Copa Davis e a razão é o backhand de duas mãos mais potente e preciso do mundo do tênis.

Agora, para o driver, Albert escolhe Roger Federer, dizendo ser impossível de reproduzir, além das linhas perfeitas conquistadas por Federer, que fazem o adversário suar a camisa para se posicionar.

Ainda tem os voleios de Stefan Edberg como o ingrediente especial, o elemento X, completando o tenista perfeito para a Copa Davis.

Agora, estávamos falando de um jogador individual, um retalho surpreende dos melhores para Albert, mas como a Copa Davis é em equipe, o diretor diz que para ser realmente impecável precisa ser uma equipe espanhola, que é a mais bem preparada e favorita.

Então, o que acham? Albert Costa montou direito? E a Copa Davis? Correspondeu as expectativas?

Conta para nós qual a sua opinião e fale qual seu tenista favorito.




G M Rhaekyrion

Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

  

2 Comentários

  1. You must often hear the term jackpot in this game So Jackpot is another interesting side of this game that you can get from online pokergame games. All online bettor who play the game. Various kinds of bonuses have also been provided. and has also provided a 24-hour standby customer service to serve its players.

  2. For online poker gambling lovers who want to play with poker, every newcomer must register with a trusted poker site. But for registration with.