Paulo Coelho compara cristãos com talibãs e apaga tuíte

A postagem repercutiu negativamente e logo em seguida o tuíte foi apagado pelo escritor.
Anderson Gomes - 14 de Setembro de 2020 às 16:32:39
Looks like you have blocked notifications!

O escritor e jornalista Paulo Coelho, 73, bastante conhecido pelo seu livro ‘O Alquimista’, está sendo alvo de críticas após uma postagem em seu twitter no último domingo.

Considerado de esquerda, Paulo decidiu criticar o governo de Bolsonaro pedindo um boicote às exportações brasileiras em sua rede social, chegando a comparar os cristãos com talibãs.


RELACIONADAS



A postagem repercutiu negativamente e logo em seguida o tuíte foi apagado pelo escritor. No entanto, os internautas já possuíam vários prints e os comentários ainda circulam na web, confira:

Mesmo aqueles que não são considerados ‘bolsonaristas’ ficaram indignados com a atitude do escritor, que não levou em conta que milhares de famílias dependem da exportação para sobreviver.

O boicote a Paulo Coelho
Paulo Coelho pede boicote a produtos brasileiros

Antes do seu bestseller ‘O Alquimista’ ganhar o mundo à fora, os leitores brasileiros foram os responsáveis por dar esse ‘impulso’ ao apoiarem a obra e a escrita nacional.

Atualmente, Paulo Coelho vive em um apartamento duplex de 700 metros quadros em um elegante bairro de Genebra, na Suiça. E este foi um dos pontos levantados pelos internautas: poderia alguém com uma luxuosa vida na Suiça falar mal do seu país de origem apenas por ideologia política?

Deixe sua opinião nos comentários e veja o que está rolando no Twitter a respeito de Paulo Coelho nesta segunda-feira:

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.