Ta ai, mas uma oportunidades para quem deseja cursar o nível superior. Já falamos do Prouni, Fies, do SiSu e até do Pronatec. Agora, chegou a vez de falarmos do Programa Bolsa Permanência. O PBP é mais uma iniciativa do Governo Federal para estudantes matriculados em instituições federais de ensino superior, e que vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica, a Bolsa Permanência beneficia também, estudantes indígenas e quilombolas.

O recurso é pago diretamente ao estudante de graduação por meio de um cartão de benefício. Os benefícios de fato, tem ajudado estudantes de todo o país e tem evitado evasões em várias instituições.

Bolsa Permanência do MEC


RELACIONADAS



Conforme dito anteriormente, O Programa Bolsa Permanência é uma iniciativa do Governo Federal. O principal objetivo do programa é ajudar estudantes que já estejam matriculados em um curso superior, evitando assim, que o mesmo desista por conta de problemas financeiros. A bolsa PBP não é lá essas coisas, mas, é sem dúvida uma enorme ajuda. Através desta, há uma maior permanência e taxa de diplomação de estudantes carentes no ensino superior brasileiro.

Loading...

Valor da Bolsa Permanência do MEC

Ao fazer o cadastro para o Bolsa Permanência, o estudante estará concorrendo a um auxílio financeiro semelhante ao praticado nas iniciativas federais de concessão de bolsas para iniciação científica. Os valores são estabelecidos pelo Ministério da Educação e atualmente estão na casa dos R$ 400.

Porém, para os estudantes indígenas e quilombolas, será garantido um valor diferenciado, pelo menos o dobro da bolsa paga aos demais estudantes, em razão de suas especificidades com relação à organização social de suas comunidades, condição geográfica, costumes, línguas, crenças e tradições, amparadas pela Constituição Federal.

Loading...

Quem pode se inscrever para o Bolsa Permanência MEC

O processo de inscrição do Bolsa Permanência é muito simples, porém, é preciso ficar atentos os requisitos necessários para o pedido da bolsa. Para saber se você tem ou não direito a participar do programa, confira os pré-requisitos do PBP, além dos detalhes abaixo, você pode conferir tudo no Manual de Gestão do Programa, AQUI.

São requisitos: Ter Renda familiar per capita de até um salário mínimo; Ter sua matrícula devidamente efetuada em cursos de graduação com carga horária igual ou superior a cinco horas diárias; Não ultrapassar dois semestres do tempo regulamentar para se diplomar; Assinar o Termo de Compromisso e Possuir cadastro aprovado e homologado em instituição federal de ensino superior no âmbito do sistema de informação do programa.

Reforçamos que, O programa dá prioridade aos indígenas e quilombolas (independente da carga horária que estejam cumprindo nos respectivos cursos). Quanto aos documentos necessários para solicitar a Bolsa Permanência, a relação completa se encontra no site oficial do PBP.

Inscrição Bolsa Permanência?

Diferentemente de outros programas, infelizmente, o estudante que quiser se tornar um bolsista do PBP, deve procurar o titular da Instituição Federal de Ensino Superior, que ficou responsável por assinar o termo de adesão. Pois, É através desse profissional que tudo começará. No caso de dúvidas, acesse o site.

Loading...
Tudo sobre o Bolsa Permanência do MEC

O PBP realmente vale a pena pois, tem como finalidade minimizar as desigualdades sociais do país e contribuir para uma maior permanência e taxa de diplomação de estudantes carentes no ensino superior brasileiro.  Não perca tempo e confira se vocês tem direito a esta bela bolsa de estudos. Detalhes? Acesse o site do programa, (http://sisbp.mec.gov.br/primeiro-acesso).

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui