Após falar sobre as estratégias para a reforma da Previdência, a redução do imposto de renda e até do aumento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), o presidente Jair Bolsonaro foi aconselhado a não falar mais sobre temas econômicos.

Presidente Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre temas econômicos
Presidente Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre temas econômicos

Presidente Jair Bolsonaro fala sobre economia

Depois do presidente Jair Bolsonaro falar sobre temas econômicos, tais como: reforma da Previdência, redução de imposto de renda e o aumento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), foi gerado um ruído na sua equipe econômica.


RELACIONADAS



Isso ocorreu porque o presidente teria anunciado uma possibilidade do aumento do IOF. Pouco tempo depois, Onyx Lorenzoni, ministro da Casa Civil, afirmou que Bolsonaro teria se equivocado e que não estava previsto nenhum aumento de imposto. No entanto, Paulo Guedes, ministro da Economia, disse em entrevista que tudo foi superado.

Loading...

Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre economia

Presidente Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre temas econômicos
Presidente Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre temas econômicos

Depois de participar com Jair Bolsonaro da posse dos presidentes do BNDS (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), do BB (Banco do Brasil) e da Caixa, o presidente Bolsonaro foi aconselhado a não falar sobre os temas econômicos.

O conselho foi dado pelos interlocutores de Bolsonaro, que recomendou que ele evitasse falar sobre a economia. O motivo disso é para que não ocorram mais confusões como a citada anteriormente entre o presidente e o ministro da Casa Civil.

Loading...

Escolha de “porta voz” é essencial para Bolsonaro

Para evitar a repetição de episódios assim, uma fonte próxima de Bolsonaro, afirmou que o presidente precisa adotar a mesma estratégia usada durante a campanha. Ou seja, que todos os assuntos relacionados a economia, deveriam ser questionados apenas a Paulo Guedes, ministro da Economia.

No entanto, agora que foi eleito, o presidente tem realizado declarações polêmicas sobre temas que vão além da economia. Por essa razão, os especialistas indicam que Bolsonaro precisa urgentemente de um “porta voz” para tratar dos demais temas do governo.

Sem dúvida, com a escolha de um porta voz governamental, Bolsonaro conseguirá minimizar o impacto negativo que as suas polêmicas declarações têm provocado nestes primeiros dias de governo.

Leia também

Loading...

“Ele fazia rolo” diz presidente Jair Bolsonaro sobre Fabrício Queiroz e adota medida radical

Oferta de Bolsonaro para os EUA usarem o Brasil como base militar gera críticas entre militares

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui