Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia




O presidente Jair Bolsonaro foi internado nesta segunda-feira (28) no hospital Albert Einstein para a realização de um procedimento cirúrgico. Nele, será feita a remoção da bolsa de colostomia que o Chefe de Estado tem devido a faca que recebeu ainda durante o período de campanha.

Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia
Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia

Receba Mais notícias como essa – Clique Aqui!

Internação de Jair Bolsonaro

O procedimento para a remoção da bolsa de colostomia do presidente Jair Bolsonaro foi iniciado na manhã desta segunda-feira, 28, no hospital paulista Albert Einstein. Segundo a assessoria de comunicação do presidente, a cirurgia foi iniciada às 7h e terá uma duração aproximada de 3 horas.

O presidente está internado na instituição desde o período da manhã de domingo (27), quando foi submetido a uma série de exames pré-operatórios. Ao ser constatada a normalidade do seu estado de saúde, o procedimento para a remoção da bolsa foi confirmado.

Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia
Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia

Vice-presidente assume a Presidência

Esta é a terceira interação do presidente Bolsonaro no hospital para uma operação desde que ele recebeu a facada ainda durante a sua campanha presidencial. Isso aconteceu em setembro de 2018 e foi motivo para que o até então candidato à presidência cumprisse com o seu calendário de eventos.

Diante da nova necessidade de internação, quem assume de maneira interina a Presidência da República é o vice-presidente, general Hamilton Mourão. Ele irá ocupar o cargo durante as próximas 48hrs posteriores a cirurgia de Bolsonaro.

Leia também

Presidente Jair Bolsonaro sobrevoa Brumadinho

Bolsonaro cancela coletiva em Davos e assessoria não oferece justificativa plausível

Previsão de alta de Bolsonaro

De acordo com o general Augusto Heleno, responsável pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), será montada uma estrutura de caráter provisório no andar do quarto de Bolsonaro no hospital. Por meio dele, o presidente poderá manter a sua rotina de procedimentos administrativos.

A junta médica que atende o presidente Bolsonaro estima que ele irá permanecer na instituição pelos próximos 10 dias para se recuperar adequadamente. No entanto, está previsto que o presidente retorne ao seu cargo na próxima quarta-feira (30), mesmo que ele tenha que ficar internado.

Se o presidente conseguir se recuperar de maneira adequada, essa será a última cirurgia realizada devido a facada que ele recebeu durante as eleições de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here