14 de Março de 2019, atualizado ás 13:03

Presidente Bolsonaro presta condolências aos familiares das vítimas de massacre em Suzano



Por: Redação A Folha Hoje | Notícias

Compartilhar:
         

Receba Mais notícias como essa – Clique Aqui!

Presidente Bolsonaro presta condolências aos familiares das vítimas de massacre em Suzano – SP, que aconteceu na manhã desta última quarta-feira (13/03). Segundo o Chefe de Estado, o atentado à escola foi uma verdadeira “monstruosidade e covardia”.

Além de Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão também prestou condolências aos familiares. Ambos mostram o apoio através das redes sociais e as suas publicações receberam vários comentários relacionados ao atentado.

Condolências de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro prestou suas condolências aos familiares do massacre da escola em Suzano (SP) através de uma publicação no seu perfil oficial do Twitter. Bolsonaro classificou o crime como uma covardia e monstruosidade sem tamanho.

A declaração foi “Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atentado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!”

Cerca de 30 minutos antes da publicação de Bolsonaro, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, também publicou o pesar aos familiares através da divulgação de uma nota à imprensa. Além de classificar o ato como uma “desumana ação”, o órgão ofereceu sua ajuda ao Estado de São Paulo.

Presidente Bolsonaro presta condolências aos familiares das vítimas de massacre em Suzano (foto: internet)

Leia também

Brasil assume a presidência do BRICS durante governo de Bolsonaro

Presidente Bolsonaro publica falsa declaração de repórter e ataca imprensa

Declaração de Mourão

O vice-presidente do país, General Mourão, também declarou estar entristecido e prestou condolências a todos os familiares do atentado. Durante entrevista com a imprensa Mourão afirmou que, esses crimes começaram a ocorrer com mais frequência em todo o país, por isso deve ser averiguado de maneira correta.

Questionado sobre a relação do atentado com a política de flexibilização de porte de armas, o vice-presidente foi direto ao declarar que não deveria haver associação, mas era inevitável que esse ponto fosse levantado.

Também não quis comentar a polêmica afirmação do senador Major Olímpio de que o crime teria sido evitado se os professores estivessem armados. Na verdade, o vice-presidente acredita que o culpado dessas atitudes são os jogos violentos que os jovens jogam e citou como exemplo os seus próprios netos.

Flávio Bolsonaro critica política de desarmamento

Antes do presidente Jair Bolsonaro publicar o seu tuíte, o senador Flávio Bolsonaro também prestou condolências através do seu Twitter. Na sua publicação ele diz “ meus sentimentos a todos os familiares das vítimas covardemente assassinadas no colégio em Suzano”

Ainda na publicação, o senador afirma que essa foi mais uma tragédia que ocorreu devido ao fracasso da atual política de desarmamento que ainda está em vigor no país.


Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários