O presidente Bolsonaro viajou a São Paulo nesta quarta-feira (27) para realizar uma nova revisão médica após a última cirurgia. Ele está sendo aguardado no Hospital Albert Einstein na capital paulista, sendo essa a primeira vez que o Chefe de Estado retorna a instituição depois de passar mais de 15 dias internado.

Presidente Bolsonaro viaja a São Paulo para revisão médica (foto: internet)
Presidente Bolsonaro viaja a São Paulo para revisão médica (foto: internet)

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Bolsonaro retorna a São Paulo


RELACIONADAS



Quase um mês após ter realizado a cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e religação dos intestinos, Bolsonaro regressou ao Hospital Albert Einstein nesta quarta (27) para realizar uma revisão médica.

Loading...

Com consulta marcada para às 10:00a.m, o presidente e sua comissão de segurança e assessores, saíram de Brasília às 07:50 a.m. e chegaram no hospital às 09:50 a.m. A assessoria de imprensa, não detalhou quais foram os exames que o presidente precisou fazer, apenas confirmou que ele voltaria para Brasília ainda hoje, pois terá uma reunião no Palácio do Planalto.

Durante a declaração, também foi informado que a primeira-dama não estava acompanhando Bolsonaro durante essa revisão médica. O principal motivo é que ela está participando de um evento presidencial em Brasília, além disso nenhum dos filhos acompanhou o pai durante os exames, apenas assessores.

Loading...
Presidente Bolsonaro viaja a São Paulo para revisão médica (foto: internet)
Presidente Bolsonaro viaja a São Paulo para revisão médica (foto: internet)

 Leia Também:

Polícia Federal informa ao presidente Bolsonaro que investigação aponta que Adélio agiu sozinho

Aliados criticam Bolsonaro pelo tom “eleitoreiro” de Tweets do presidente

Período de internação

O presidente Bolsonaro recebeu alta do hospital há duas semanas, logo depois de estar internado por igual período para se recuperar da cirurgia. Durante a sua internação, o Chefe de Estado chegou a ter um gabinete adaptado na instituição para que ele pudesse realizar despachos e tomar outras decisões governamentais.

Loading...

O tempo de internação do presidente foi prorrogado depois dele ser diagnosticado com uma pneumonia. Isso fez com que a sua alta fosse adiada por cerca de 10 dias, o que atrasou o seu retorno para as atividades governamentais em Brasília.

Depois de passar pela internação, Bolsonaro recebeu alta, cujo boletim médico informava que ele estava com o seu quadro pulmonar completamente normalizado, sem dores ou febre. Além disso, ainda foi divulgado que ele estava com a sua função intestinal completamente restabelecida e que deveria seguir uma dieta leve.

 

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui