PSOL aconselha Freixo a deixar o discurso de “golpe” de lado

O fim da narrativa: até o PSOL está aconselhando Freixo a deixar o papo de “golpe” para lá. Foi das urnas do primeiro turno desta eleição que saiu o recado claro ao PT.

PSOL aconselha Freixo, porque sabe que brasileiro não comprou a conversa fiada do golpe, que o PT tentou enfiar-lhe goela abaixo.

PSOL aconselha Freixo a deixar o discurso de “golpe” de lado. Aquele discurso que dizia que um golpe de Estado, estava em curso no Brasil contra o governo de Dilma Rousseff.
Em quase todos os grandes colégios eleitorais, quem defendeu o discurso se deu mal. Exceções ocorreram, claro, pelo mérito das administrações.
E no Rio de Janeiro, que terá Marcelo Freixo no segundo turno, talvez seja a maior delas.
Mas mesmo os cariocas já caminham para se livrarem do engodo.

PSOL aconselha Freixo a deixar o discurso de “golpe”

Até o PSOL, que apoia Freixo, aconselhou o candidato a parar com essa conversa. E mais, justificaram que este argumento só colava agora, com a própria militância do PT, com capacidade apenas de repetir qualquer besteira pregada pelos seus líderes. E que o momento agora, seria de conversar com o resto da população e buscar apoio dos anti-petistas da capital fluminense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here