Saque do Pis/Pasep 2017 vai só até amanhã, sexta (29), se não sacar perde!

Sexta-feira, 29 de junho, é o último dia para quem pretende sacar até R$ 954, referente ao abono do PIS/Pasep de 2016. Quem não sacar até o prazo estipulado, perderá o direito do saque e perde o dinheiro, que, de acordo com o Ministério do Trabalho, vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador. Tem direito ao abono do PIS/Pasep de 2016, todos que trabalharam com carteira assinada ao menos por 30 dias no ano de 2016.

Abono do PIS/Pasep de 2016: sexta-feira, 29, é o último dia para sacar

O pagamento abono do PIS/Pasep é anual, neste caso específico, do ano base de 2016. Dados recente divulgados pelo Ministério do Trabalho esta semana, revelam que haviam sido pagos R$ 16,49 bilhões para 22,29 milhões de beneficiário que tem direito, representando 90,91% do total a ser sacado.

Destes que tem direito, mais de 2 milhões ainda não sacaram o abono, e, se perderem o prazo, perdem o direito de sacar o dinheiro, que vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), de acordo com o ministério. Tendo que posteriormente, entrar na justiça para conseguirem o direito de sacar os valores depois do prazo.

Abono salarial do PIS/Pasep: é para quem trabalhou em 2016

O benefício começou a ser pago no mês de julho do ano passado, com este último lote tendo sido liberado em março, disponíveis para saque até sexta-feira, 29 de junho. O valor do benefício pode variar de R$ 80,00 a R$ 954,00, dependendo do tempo que trabalhou no ano de 2016.

Veja se você tem direito ao abono

  • Tem direito quem trabalhou com carteira assinada ao menos por 30 dias em 2016;
  • Tem direito recebia no máximo dois salários mínimos (em média) por mês;
  • Tem direito está devidamente inscrito no programa PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Tem direito quem teve seus seus dados  informados corretamente ao governo (RAIS)pela empresa onde trabalhava.

Como consultar para saber se tenho direito ao abono salarial

Para saber se você tem direito ao abono salarial, a consulta está disponível nas seguintes maneiras:

PIS para trabalhador de empresa privada:

  • Via Aplicativo Caixa Trabalhador;
  • Pelo site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS, (clicando em Consultar pagamento);
  • Por telefone  0800 726 0207 atendimento da Caixa;
  • Por telefone 158 da central de atendimento do Ministério do Trabalho;
  • Nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT.

Pasep servidores públicos:

  • Por telefone: central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos);
  • Por telefone 158 da central de atendimento do Ministério do Trabalho;
  • Nos postos da Superintendência Regional do Trabalho, antiga DRT.

Quanto será pago, valor do abono Pis/Pasep

O valor a ser pago é de no máximo um salário mínimo, atualmente R$ 954, variando de acordo com o tempo trabalhado. Quem trabalhou durante todo o ano, com a carteira assinada, deve receber um salário mínimo. Quem trabalhou um mês, ganha na proporção do tempo trabalhado, 1/12 do mínimo.

Os valores são sempre arredondados para cima, por exemplo quem teria direito a R$ 79,50 de abono, recebe R$ 80.

Onde posso sacar o Pis/Pasep

  • Funcionários de empresa privada que tem o Cartão Cidadão com senha cadastrada: pode fazer o saque em caixas eletrônicos da Caixa e também nas lotéricas
  • Quem não tem o Cartão Cidadão? Deve fazer o saque em uma agência da Caixa, portando um documento pessoal de identificação
  • Quem já é correntista da Caixa? Terá o abono depositado diretamente na conta, e é preciso ter saldo acima de R$ 1 com alguma movimentação.
  • Quem é servidor público? Poderá fazer o saque em qualquer agência do Banco do Brasil.
  • Quem é servidor público e correntista do banco: receberão o dinheiro depositado na conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here