Chá de alecrim: 8 benefícios para a saúde e modo de usar

0

O alecrim possui nome cientifico de Rosmarinus officinalis, com origem no Mediterrâneo é uma erva muito conhecida e utilizada pelos brasileiros.

Uma planta cuja família são as Lamiaceae, ele tem folhas estreitas, pontudas e caule lenhoso, suas flores são azuis e tem formato de arbustos.

A princípio é referido como uma erva da alegria, devido auxiliar na manutenção de neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar.

Separamos aqui, alguns benefícios e as indicações do chá de alecrim, veja abaixo.

Benefícios do chá de alecrim

Desde já, é importante entender que os benefícios do chá de alecrim, estão vinculados com suas propriedades antioxidantes e relaxantes, além de possuir um sabor expressivo.

Sendo assim, o chá de alecrim possui diversos benefícios, aqui destacaremos 8.

1 – Combate sintomas de doenças respiratórias

Antes de tudo, é importante ressaltar que o chá de alecrim, possui propriedades que auxiliam na função expectorante.

Por esse motivo, acaba participando do controle de doenças respiratórias, principalmente asma e resfriados com tosse produtivo, essa propriedade expectorante participar ativamente da eliminação do catarro.

Nesse sentido, podemos citar também sua função anti-inflamatória que eliminará a inflamação resultante das doenças respiratórias.

2 – Mantém a pressão estável

A princípio, ele consegue participar do controle da pressão arterial de forma ativa.

Porque tem atividade sobre a circulação sanguínea, que mantém a normalidade da pressão dos vasos e por consequência, pode regular a pressão arterial sistêmica.

Dessa forma, contribui para a pressão ficar estável, ou até mesmo reduzida.

3 – Melhora a digestão

O chá de alecrim auxiliam na digestão, por dois fatores: primeiro por ser anti-inflamatório que acaba participando das funções corporais reduzindo a inflamação em todos os tecidos, inclusive no estômago.

Outro fator é que pode atuar facilitando a digestão dos alimentos, pela presença de propriedades antioxidantes, vitaminas e minerais, principalmente vinculado ao magnésio e potássio, controlando a produção de bactérias.

4 – Atua sobre a mente

Frequentemente, o chá de alecrim é citado, pelas suas propriedades sobre circulação, esse benefício acaba impactando nas funções do cérebro, pois aumenta o fluxo sanguíneo na região.

Além do mais, o chá de alecrim conta com presença de ácido carnósico, que atua sobre o sistema nervoso central, por ter propriedades antioxidantes, ajudando a lidar com situações de stress e pode manter você mais relaxado.

5 – Protege o fígado

O benefício do chá de alecrim, sobre o fígado está vinculado com a manutenção da desintoxicação do organismo, feita por esse órgão.

Nesse sentido, o chá acaba participando da melhora do funcionamento do órgão e por consequência acaba fazendo bem a outros aspectos do corpo, como a aparência da pele, pois quanto menos toxinas mais limpa ela será.

6 – Serve como anti-inflamatório

Em sua composição o chá de alecrim possui ácido carnósico, que participa ativamente na redução dos níveis de ácido nítrico.

O ácido nítrico é um potencial desencadeador de inflamações no corpo, então, o chá de alecrim consegue combater o ácido nítrico e assim fazer o controle das inflamações do seu organismo.

7 – Reduz gases intestinais

Sabemos que os gases são incômodos, muito comuns que deixam você muito desconfortável.

Pensando nisso, o chá de alecrim pode auxiliar na redução de gases, através das propriedades carminativas, a indicação, neste caso, seria para você usar pela manhã e à noite.

8 – Reduz o mau hálito

O chá de alecrim, feito em uma concentração mais alta, pode ser utilizado para o controle do hálito devido suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.

Justamente, por produzir uma limpeza na boca, podendo ser usado para o tratamento de aftas, estomatites e gengivites. A indicação aqui seria bochechar o chá .

Recomendação de uso do chá de alecrim

A recomendação para utilizar o chá, todos os dias, pode variar entre 3 e 4 xícaras, importante que ele seja feito sobre forma de infusão.

Por exemplo, você ferve bem a água filtrada e desliga o fogo, só depois acrescenta erva seca, flores ou folhas, deixando descansar por alguns minutos.

Outro ponto, imprescindível, é que não deve ser adicionado açúcares, assim você consegue usufruir de todos os benefícios que ele possui, de forma completa.

Contraindicações do chá de alecrim

O uso do chá de alecrim ou tintura, deve ser evitado por:

  • Alérgicos a erva;
  • Gestantes e lactantes;
  • Crianças com idade inferior a 12 anos;
  • Prostáticos;
  • Pessoas com alterações intestinais, como diarreia.

Modo de preparo do chá de alecrim

A preparação dos chás deve ser por infusão, como foi explicado acima, sempre é interessante utilizar frutas ou cascas de frutas, para aumentar a ação antioxidante e produzir um sabor mais atrativo.

Chá de alecrim com limão

Ingredientes:

  • 1 ramo de alecrim fresco ou 1 colher da erva seca
  • ½ limão exprimido, sem sementes
  • 500 ml de água

Modo de preparo:

  • Coloque a água para ferve;
  • Após, desligue a adicione o alecrim;
  • Deixe descansar por 15 minutos;
  • Coe e adicione o limão;
  • Consuma ainda morno.

Chá de alecrim com gengibre

Ingredientes:

  • 4 folhas de alecrim fresco
  • 2 fatias de gengibre;
  • 2 colheres de sopa de casca de laranja;
  • 500 ml de água

Modo de preparo:

  • Coloque a água para ferve com as cascas de laranja e gengibre;
  • Após, desligue a adicione o alecrim;
  • Deixe descansar por 15 minutos;
  • Pode consumir gelado, se for sua preferência.

Referencias:

TIUZZI, M.; FURLAN, M. R. Atividade antioxidante do alecrim. São Paulo, n. 26, p. 16, 2016.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao acessa-lo você concorda com nossas políticas de privacidade. Continuar Ler Política

Cookies & Políticas