Chá de hibisco: benefícios, contraindicações e dicas de como usar

Ajuda no emagrecimento e no controle do colesterol. Conheça os 5 benefícios que esse chá proporciona!

Por: Josebel Pacheco - Nutricionista
03/05/2021 às 23:31 - atualizado em 13/09/2021 às 03:03

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O chá de hibisco, feito por uma das plantas medicinais mais conhecida, pelos seus poderes relacionados a perda de peso e redução da pressão arterial. Popularmente conhecida como Azedinha, porém seu nome científico é Hibiscus sabdariffa.

O chá surge da infusão das flores de hibisco (secas) em água fervente e os estudos referem muitos efeitos positivos do chá de hibisco para a saúde.

Abaixo detalharemos 5 benefícios do chá de hibisco. Confira!

1 – Ajuda a emagrecer!

Chá de hibisco
Chá de hibisco

O chá de hibisco é um ótimo diurético, ajudando na eliminação de líquidos que vão ficando retidos no nosso corpo, esses líquidos também interferem no peso.

Além do que, existem pesquisas que referem, que o chá é capaz de reduzir a criação de células de gordura, reduzindo o acumulo de gordura no corpo.

Principalmente pela presença de antioxidantes, como os flavonoides e antocianinas.

Quando esse processo de criação de células de gordura é diminuído, há uma diferença significativa da circunferência abdominal e do quadril.  

Também encontramos como benefício sua atividade sobre a redução da produção de amilase, uma enzima que transforma o amido em açúcar.

Claro que, para usufruir desses benefício é necessário mudança de hábitos alimentares e atividade física frequente, também.

2 – Controla o transito intestinal

Prisão de ventre é um problema que acomete muitas pessoas e a flor do hibisco, por ser rica em mucilagem, auxilia na construção do bolo fecal, diminuindo muito a constipação.  

A mucilagem é um polissacarídeo que se transforma em uma fibra gelatinosa que atrapalha a absorção de gorduras, fazendo com que elas sejam eliminadas com as fezes.

Esse processo facilita a eliminação das fezes por deixar ela menos consistente.

3 – Melhora a saúde do fígado

O chá de hibisco tem um importante papel na desintoxicação hepática, devido a estimulação de enzimas que fazem uma “limpeza” no fígado. Reduzindo assim os danos causados ao órgão.

4- Controla o colesterol

O consumo regular do chá de hibisco reduz os níveis de colesterol sanguíneo assim como os triglicerídeos.

O chá de hibisco aumenta o colesterol bom (HDL) e  por consequência acaba diminuindo o colesterol ruim (LDL).

5 – Regula a pressão arterial

A presença de antocianinas encontradas no chá de hibisco, fazem com que o sangue circule pelo corpo de forma melhor.

O chá é responsável por vários efeitos anti-hipertensivos.

Quem não deve usar o chá de hibisco?

Algumas propriedades presentes no chá de hibisco podem ocasionar efeitos colaterais.

Podendo prejudicar alguns tipos de pessoas, são eles:

  • Gestantes e lactantes – alguns especialistas sugerem alteração na musculatura uterina, podendo gerar complicações durante a gravidez, até mesmo aborto, quando consumido em excesso;
  • Lactantes – por falta de comprovação sobre sua toxicidade, se sugere não utilizar, visando preservar a saúde da mãe e do bebê;
  • Pessoas com pressão baixa – por ter efeito anti-hipertensivo e substâncias capazes de favorecer a ação diurética. Reduz a pressão arterial, e isso pode causar quedas bruscas na pressão.
Benefícios do chá de hibisco

Dicas de preparo do chá de hibisco

A forma mais popular de utilizar o hibisco é através do chá, porém as suas flores podem ser usadas em saladas e até mesmo em balas.

Outras partes da planta podem ser usadas ​​para fazer geleias, sopas e molhos.

Para quem enjoa do sabor, separamos uma receita de bala, assim facilita o consumo.

Ingredientes

400 ml de água quente

2 colheres (sopa) de flores de hibisco

2 envelopes de gelatina sem sabor incolor

1 colher (sopa) de adoçante

Modo de preparo:

  • Em uma jarra, junte a água e as flores de hibisco.
  • Mexa por um minuto.
  • Passe em peneira.
  • Junte a gelatina e o adoçante, mexendo bem até dissolver.
  • Coloque em um refratário.
  • Leve à geladeira até ficar bem firme.
  • Retire depois de endurecer.
  • Corte em quadradinhos.

Referências:

UYEDA, Mari. Hibisco e o processo de emagrecimento: uma revisão da literatura. Saúde em Foco, Edição nº 7, 2015.

CUNHA, Jersica Martins da; VIANA, Eliene da Silva Martins; SOUZA, Jessica Tainara de; SILVA, Samara Souza da. Os efeitos do hibisco (hibiscos sabdariffa) no emagrecimento. Revista Científica Univiçosa, V. 8- nº 1, Minas Gerais, 2016.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Josebel Pacheco

Josebel Pacheco
Josebel Pacheco, nutricionista formada pela Unisinos, com registro do Conselho Regional de Nutricionista-CRN2: 12962. Saiba mais sobre Josebel em seu perfil!