Inicio » Cartão » Vítima da Covid-19, radialista e cronista esportivo Ribeiro Neto morre aos 70 anos

Vítima da Covid-19, radialista e cronista esportivo Ribeiro Neto morre aos 70 anos

Velório está sendo realizado na Osaf e o sepultamento vai ser realizado nesta tarde no Cemitério Santa Izabel em Aracaju.

O cronista esportivo e técnico de futebol Porfírio Ribeiro Neto, mais conhecido por Ribeiro Neto, morreu nesta quarta-feira (5) aos 70 anos de idade. Ele também era carinhosamente chamado de Popó da Gávea.

O comunicador estava internado no Hospital Renascença, em Aracaju, desde o dia 12 de abril, por conta de complicações provocadas pela Covid-19, hoje ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

O velório está sendo realizado na Osaf e o sepultamento vai ser realizado nesta tarde no Cemitério Santa Izabel em Aracaju.

Porfírio da Silva Ribeiro Neto, chamado apenas pelo sobrenome, ou pelo apelido de Popó da Gávea, tinha 70 anos. Pai de três filhos, ele já estava aposentado, mas continuava trabalhando no Tribunal de Contas do Estado.

Com técnico esportivo, teve diversas passagens pelo Sergipe, entre as conquistas alcançadas por Ribeiro, está o tetracampeão estadual, na sequência do hexa na década de 90.Ele também foi técnico do Confiança e do América de Propriá.

Baiano de Itabuna, ainda jovem mudou-se para o Rio de Janeiro, mas foi em Sergipe que fez história. Além de um grande profissional do Rádio Sergipano, Ribeiro Neto foi também um grande treinador de futebol.

Relacionados