Trump volta a insistir no uso da hidroxicloroquina para curar o coronavírus



O presidente dos Estados Unidos mais uma vez voltou a falar sobre o uso da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus. Confira a matéria.
Anderson Gomes - 28 de Julho de 2020 às 22:39:23

Em um novo discurso realizado nesta terça-feira (28), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a afirmar sobre o suposto sucesso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes diagnosticados com o coronavírus.

Durante o seu discurso, Trump chegou a dizer que o medicamento é “seguro” e “bem-sucedido”, apesar de não haver estudos científicos que possam comprovar que o medicamento utilizado para tratar malária tenha alguma eficácia no tratamento da COVID-19.


RELACIONADAS



Além disso, ele testemunha sobre o uso do medicamento: “Eu acredito nisso. Eu aceitaria, como você sabe, eu tomei por um período de 14 dias, e eu estou aqui … É seguro, não causa problemas”, disse ele.

Contudo, a Organização Mundial da Saúde alerta sobre os riscos do uso da hidroxicloroquina, que podem aumentar as chances de desenvolver problemas de ritmo cardíaco.

No Brasil, Bolsonaro também concorda com o uso da hidroxicloroquina

Após 17 dias em isolamento, no último sábado (25), o presidente Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para divulgar o resultado de um novo teste para COVID-19.

Em sua publicação, segurando uma caixa de hidroxicloroquina, Bolsonaro escreveu “negativo“, em referência ao teste RT-PCR para Sars-Cov 2, o mais utilizado para constatar a presença da doença atualmente.

Twitter suspende conta do filho mais velho de Donald Trump

Donald Trump volta a recomendar o uso da hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19 – foto: reprodução

Nesta terça-feira (28), a conta do filho mais velho de Trump, o Donald Trump Jr, foi temporariamente suspensa pelo Twitter por publicar “informações enganosas e potencialmente prejudiciais” sobre o coronavírus.

Um porta-voz do Twitter comentou sobre a postagem feita por Donald Trump Jr: “O Tweet viola nossa política de desinformação do COVID-19.”

E completa: “A conta será bloqueada até que o proprietário da conta remova o Tweet.”

Bolsonaristas tem contas bloqueadas para investigação de notícias falsas

Nos últimos dias, casos semelhantes ocorreram aqui no Brasil. Diversas contas de aliados bolsonaristas foram bloqueadas no Twitter.

A decisão foi dada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a cerca do inquérito das fake news.

Segundo Dias Toffoli, presidente do STF, o Superior Tribunal Federal irá apurar o caso das postagens falsas no Twitter.

Sobre o assunto, Toffoli comentou: “Nós, enquanto Judiciário, enquanto Suprema Corte, somos editores de 1 país inteiro, de uma nação inteira, de 1 povo inteiro”, explicando que isso também exige investigação, como em qualquer outro caso.

Webinar do Poder360 debate liberdade de expressão – fonte: Poder360

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.