Tubarão Gigante Foi Capturado Em Regência Após Ficar Preso Em Rede
O animal que pesa cerca de 540 quilos ficou preso em uma rede de pesca e acabou sendo capturado pelos pescadores no mar de Regência, em Linhares-ES.
Por: Anderson Gomes / 31 de Março de 2020 às 23:43:30

[spns_amp_optin subscribe='Assistir Notícias Ao Vivo' unsubscribe='Remover inscrição']

O tubarão é um macho da espécie ‘tubarão-tigre’ que, por acidente, ficou preso na rede dos peixes menores e não conseguiu escapar. Medindo 3,5 metros e pesando mais de meia tonelada, o peixe foi distribuído entre os moradores do humilde vilarejo de Linhares.

O primeiro a avistar o tubarão foi o pescador Lázaro, destacou que a rede era destinada para a captura de peixes menores do tipo corvina, e que ela estava armada a 4,5 km da praia.

O motivo, segundo o pescador, é que o tubarão estava atrás das corvinas e acabou enrolando a cabeça na armação feita por eles. O pescador Lázaro precisou da ajuda de seus amigos para arrastá-lo até a praia, e o trabalho durou aproximadamente uma hora e meia.

Confira outras matérias:

Enem 2020 terá uma versão digital e uma impressa presencial

Datas oficiais do Enem 2020 são divulgadas pelo Inep

O tubarão-tigre é uma espécie ameaçada de extinção, mas como estava debilitado e fraco Lázaro decidiu levar o animal, visto que morreria de qualquer forma.



Os pescadores já venderam metade do animal nesta terça-feira (31) e o restante seria congelado para vender posteriormente. O quilo da carne de animal custa em torno dos R$ 20,00. Já a barbatana é considerada uma especiaria da culinária que pode custar até três vezes mais que o quilo da carne.

Siga: A Folha Hoje no Google News

A pesca deste tubarão é considerada ilegal
Tubarão Gigante Foi Capturado Em Regência

A Polícia Militar Ambiental ressaltou que mesmo sendo acidental, esse tipo de pesca pode ser considerado crime ambiental. Pois segundo a Polícia a atitude correta seria soltá-lo mesmo debilitado e não puxá-lo em embarcações.

+ Acesse Estado News!

Afirmou ainda que esta espécie de tubarão se reproduz muito pouco e que essas atitudes só aumentam a chance de extinção do animal.

A Bióloga Giovanna Cypriano da CTA – Serviços em Meio Ambiente e gestora do programa de monitoramento de praias em parte do Rio de Janeiro e no Espírito Santo, estava presente no local e foi a primeira a identificar todas as características do tubarão.

A Bióloga disse ainda que é comum tubarões-tigres naquela região e este não foi o primeiro ocorrido. Salientou ainda que não tem registros de ataques à banhistas ou pescadores por meio destes animais.

Tubarão gigante é capturado no ES

Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo